NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo

Netflix já não é a aplicação mais rentável do momento

segunda-feira, 15 abril, 2019 /
Netflix já não é a aplicação mais rentável do momento

The Rent Zone - Aluguer de Dispositivos Tecnológicos

Durante o primeiro trimestre de 2019, o primeiro lugar foi ocupado pelo Tinder.

 

A mudança de posição não surpreende, dada a decisão da Netflix, em dezembro, de parar de pagar o chamado "imposto da Apple". Ou seja, a subscrição de novos utilizadores através da aplicação iOS deixou de ser permitida pela Netflix.

A medida não passou despercebida, uma vez que a Netflix era a aplicação não-comercial mais vendida do mundo desde o Q4 (quarto trimestre) de 2016. Os novos utilizadores precisam de se inscrever no site do serviço de streaming de forma a poderem usar a aplicação em smartphones, tal como já acontecia no Android.

No primeiro trimestre de 2019, a Tower Tower estima que a Netflix captou US $ 216,3 milhões globalmente, tanto na App Store da Apple quanto no Google Play, uma queda de 15% em relação ao trimestre anterior, de US $ 255,7 milhões no 4T 2018.

Enquanto isso, a receita do Tinder subiu. No primeiro trimestre, a receita cresceu 42% ano a ano e reflectiu-se em US $ 260,7 milhões, um valor acima dos US $ 183 milhões do primeiro trimestre de 2018. Este valor catapultou o Tinder para o topo, de acordo com as estimativas da App Annie.

 

618