NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Análise - YEZZ Andy C4E

Análise - YEZZ Andy C4E

sexta-feira, 12 dezembro, 2014 /
Análise - YEZZ Andy C4E

Numa série de três artigos, analisamos três dispositivos de gamas diferentes desta marca, ainda pouco conhecida em território nacional. 

 


Quem são?


A YEZZ é uma marca de telecomunicações francesa, produtora de telemóveis e smartphones para todos os gostos e feitios. Desde a produtos básicos que fazem lembrar bastante a simplicidade dos equipamentos da conhecida Nokia, até smartphones com componentes de qualidade, destinados a competir com marcas mais presentes e badaladas no mercado das telecomunicações.

No telemoveis.com, tivemos a oportunidade de analisar três dos seus equipamentos de forma a atestar a sua capacidade perantes outros conrorrentes das mesmas gamas presentes no mercado.

De seguida iremos mostrar ao leitor a análise aos três dispositivos, todos eles de qualidades diferentes entre si, e adaptados para utilizadores que priorizem caracteristicas distintas.


YEZZ Andy C4E Dual-SIM

Este modelo foi desenhado com o propósito de satisfazer os clientes mais comuns e que pretendem disfrutar da experiência que um smartphone pode oferecer, sem grandes complicações ou especificações, de forma simples e preferencialmente eficaz. Suporta dois cartões SIM.



Design, Ergonomia e Ecrã

Em termos estéticos o equipamento tem um design simples, com os botões tácteis correspondentes à multitarefa, homepage e retroceder situados na parte inferior frontal dispositivo, enquanto que na parte de cima se situa a câmara frontal assim como o auscultador.

Na lateral direita encontra-se o botão físico para bloquear/desbloquear o ecrã ao passo que na lateral oposta se situam os botões correspondentes ao volume. Por fim, na traseira do equipamento surge a câmara principal na parte de cima imediatamente ao lado do flash, ao passo que na parte inferior surge a coluna de som.

Relativamente ao ecrã, este segue a mesma linha de dispositivos de gamas mais baixas apresentando um ecrã WVGA de 4.0” polegadas e tecnologia IPS, o que permite a transmissão de uma imagem correspondente à gama onde o equipamento se encontra.

Ergonomicamente, o equipamento pssui uma dimensão que permite facilmente ao utilizador manusea-lo apenas com uma mão, tornando o seu uso bastante confortável. É de notar contudo, uma espessura robusta e um peso considerável que no entanto não se sente que afectem significativamente a sua utilização.

Análise - YEZZ Andy C4E



Câmara

A câmara do Andy C4E é de 8 mpx, o que tendo em conta que o equipamento pertence a uma gama baixa e que grande parte dos seus concorrentes directos apenas chegam aos 5 mpx, é excelente.

Foram tiradas duas fotos para verificar a qualidade da câmara, uma durante o dia e outra à noite.

Análise - YEZZ Andy C4E

Análise - YEZZ Andy C4E


Após verificar a qualidade das fotografias tiradas, é passível de concluir que a câmara do Andy C4E não faz jus aos 8 megapíxeis que possui. A câmara infelizmente revelou algumas dificuldades de focagem e uma absorção de luz mínima em condições de luminosidade desfavoráveis. Em relação à gravação de vídeo, demonstrou um atraso significativo na sua reprodução.

É caso para afirmar que quantidade nem sempre significa qualidade. No entanto, para o utilizador que não tenha especial interesse em tirar fotografias ou gravar vídeos com o smartphone, não constitui um obstáculo de maior.



Desempenho

Fazendo uso do seu processador de 1.0 GHz a dois núcelos e uma memória RAM de 512 Mb, espera-se que o Andy 4E demonstre uma performance cumpridora tendo em conta que corre a versão 4.2.2 do Android (a versão mais recente é a 5.0).

Ao fazer uso do equipamento durante algum tempo, verificou-se algum atraso na transição de menus e abertura de aplicações, tornando-se particularmente mais notório aquando da realização de multitarefa. Em pequenas coisas como abrir a aplicação da câmara por exemplo, o dispositivo evidenciou claras dificuldades.

Tendo em conta as especificações do Andy C4E, o atraso na transição e alternância de aplicações ou menus não deveria acontecer, o que sugere alguma falta de optimização de componentes por parte da marca.



Armazenamento e bateria

A respeito da memória interna, o Andy C4E possui 4 Gb com possibilidade de expansão via cartão SD até 64 Gb.

Dada a gama do produto em questão, a memória disponível é mais do que suficiente para armazenar qualquer tipo de conteúdo com facilidade. Isto claro está, assumindo que o utilizador irá aproveitar o armazenamento externo disponível.

Relativamente à bateria, o modelo apresenta uma capacidade de 1550 mAh, o que garante à partida um bom equilibrio entre utilização e autonomia dadas as modestas especificações que o dispositivo apresenta.

O consumidor poderá esperar uma autonomia até cerca de um dia e meio com uma utilização moderada, preferencialmente abstendo-se de ligação à rede móvel em detrimento de Wi-Fi assim como uma manutenção do brilho do ecrã num nível relativamente baixo.



CONCLUSÃO

O Andy C4E não transborda virtuosismo nas suas componentes, sendo um produto mais indicado para quem tem interesse em fazer a transição de um telemóvel simples para um equipamento que reuna todas as características essenciais àquilo que constitui os principais atributos de um smartphone actual.


Prós

- Autonomia.
- Memória expansível até 64 GB.

Contras

- Baixa qualidade das fotografias e vídeo.
- Pouca qualidade de imagem.
- Pouca fluidez nas transições de menus.
- Fraca optimização das componentes.
- Baixa responsividade do ecrã.


5,914