NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Xiaomi apresentou um crescimento esmagador em 2014

Xiaomi apresentou um crescimento esmagador em 2014

quarta-feira, 18 fevereiro, 2015 /
Xiaomi apresentou um crescimento esmagador em 2014

O crescimento da Xiaomi no mercado asiático em 2014, foi absolutamente indiscutível.


Nós por cá no telemoveis.com somos imparciais relativamente a marca “x” ou “y”. O nosso objectivo passa por vos informar numa base diária acerca daquilo que se vai passando no mundo das tecnologias, com um certo afunilamento para a área mobile

 
Mas também, não vos mentimos. Temos um gosto especial por marcas menos conhecidas no mercado Europeu, nomeadamente de empresas cujo sucesso noutros continentes acreditamos que pode ser passado para o nosso.

Entre as várias marcas sobre as quais aqui escrevemos, algumas têm mais destaque do que outras por várias razões, sejam elas relacionadas com uma maior ou menor popularidade, facilidade de acesso por parte da imprensa, enfim. Os motivos são inúmeros.

A Xiaomi é uma das marcas que se inclui nesse rol. Por diversas vezes já noticiámos acerca desta gigante chinesa, que francamente não pára de nos surpreender com os seus equipamentos de qualidade a preços absurdamente baixos, quando comparados com modelos de outras marcas de renome internacional.

Foram divulgados alguns dados por parte do IDC (International Data Corporation), que sugerem uma gradual queda da dominância de marcas como a Samsung ou a Apple no mercado asiático, em detrimento da... exactamente, da Xiaomi.

As estatísticas reveladas centram-se em duas métricas: em primeiro lugar, uma comparação das percentagens de vendas de smartphones por marca, no Q4 de 2014 versus o período homólogo do ano anterior em conjunto com o Q3 de 2014. A segunda métrica corresponde a uma medida mais geral, em que são comparadas as percentagens de vendas por marca em 2014 versus 2013.

IDC-2014Q4-data
Através da análise das tabelas, é passível de concluir que a Xiaomi relativamente às outras gigantes como Samsung e Apple destacou-se pela positiva, demonstrando uma percentagem superior de Market Share na primeira métrica, com 13.7%, ao passo que a Samsung e a Apple apresentaram percentagens de 7.9% e 12.3% respectivamente. 

Relativamente à segunda medida que abrange a totalidade do ano fiscal de 2014 em comparação com o de 2013, a Xiaomi arrecadou com 12.5% de Market Share ao passo que a Samsung, apesar de não ter ficado longe, apenas chegou aos 12.1%.

Contudo, o mais impressionante é mesmo a percentagem situada na última coluna de ambas as tabelas, correspondente ao crescimento evidenciado pelas marcas no decorrer dos ditos períodos. De todas as marcas apresentadas nas estatísticas, a Xiaomi em termos de crescimento, esmagou por completo a concorrência.

Na primeira tabela, o crescimento da Xiaomi no Q4 de 2014 situou-se nos 150%, sendo a Apple a empresa que mais se aproximou – muito devido ao enorme sucesso do iPhone 6 - com 99.7%.

A respeito da segunda tabela, na totalidade do ano fiscal de 2014, a Xiaomi mais uma vez apresentou uma percentagem de crescimento no mínimo grotesca, na ordem dos 186.5%, números que as restantes marcas presentes na tabela não estão minimamente perto de alcançar, destacando-se (pela negativa) a Samsung que contrariamente às outras empresas, evidenciou uma queda de crescimento em 22.4%.

Estes dados vêm comprovar o gradual aumento da dominância da Xiaomi, que a julgar pelas estatísticas, apenas tem razões para sorrir. 

5,172