NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Windows Phone 8

Windows Phone 8

terça-feira, 30 outubro, 2012 /
Windows Phone 8

Microsoft apresentou ontem Windows Phone 8 em São Francisco, Califórnia. Conheça algumas das principais novidades do novo Windows Phone 8!

O Windows Phone 8 já é mais que oficial: a Microsoft apresentou ontem (29 Outubro) a mais recente versão do seu sistema operativo para smartphones em São Francisco, na Califórnia. E que novidades nos traz o sucessor do WP7? Muitas, na verdade. Distanciando-se dos principais sistemas operativos da concorrência, a proposta WP8 é a de uma navegação horizontal ao invés de vertical, deixando de lado as camadas de menús que caracterizam o Android ou o iOS e colocando o utilizador no centro das atenções.

Windows Phone 8

Integração

Quando pensamos em Windows Phone 8, a primeira palavra que nos surge na cabeça é sem dúvida integração - entre PC, tablet e smartphone. É este factor que distingue o Windows Phone 8 do Windows Phone 7 - ao invés de um Windows Phone 7+1, estamos basicamente perante um irmão mais novo do também recente Windows 8, já que ambos os sistemas operativos apresentam bastantes aspectos em comum.

Windows Phone 8 e Windows 8

Tanto o Windows Phone 8 como o Windows 8 partilham o mesmo kernel - o que, por outras palavras, garante que os dois sistemas operativos têm mais em comum do que apenas o nome. Estes traços comuns englobam ficheiros de sistema, componentes de segurança, componentes gráficas e drivers. Não deixando de ser dois sistemas operativos distintos, ambos partilham do mesmo código e de uma interface comum. A vantagem? De acordo com a proposta da Microsoft, este aspecto deverá facilitar - e até motivar - a forma como vamos utilizar o PC e o Smartphone para trabalharem em conjunto, facilitando o acesso e a partilha de conteúdos entre as duas plataformas.

Windows Phone 8

Já não se limita a apenas um core

Uma das principais críticas dos utilizadores de Windows Phone 7 era o suporte  - ou falta de - para processadores com mais do que um núcleo. O Windows Phone 8 vem responder a esta necessidade e apresenta suporte para processadores dual e quad-core. Os novos Windows Phone 8 virão todos equipados com processadores dual-core, mas a Microsoft não descartou a possibilidade de virmos a conhecer smartphones WP8 quad-core. Os mais sedentos de capacidade de processamento, contudo, não se devem preocupar: se tivermos em conta que o WP8 não é um sistema operativo pesado, um processador dual-core já deverá garantir uma boa performance aos seus equipamentos.  A grande vantagem, contudo, deverá ser o seu suporte multitasking.

Ecrãs com melhor resolução

Os novos smartphones equipados com Windows Phone 8 deverão apresentar ecrãs equipados com resoluções mais elevadas, sendo elas: 1280 x 768 a 15:9 e 1280x720 a 16:9. Esta resolução, contudo, é o máximo que o novo sistema operativo da Microsoft consegue suportar - e não significa que vai estar disponível em todos os equipamentos. Na verdade este é um aspecto que estará fortemente dependente do hardware com que os smartphones estiverem equipados.

Windows Phone 8

Expansão de memória via microSD

Um aspecto em que a Microsoft estava atrás da concorrência era, definitivamente, o da expansão de memória via microSD. E se a Apple não permite expansão de memória nos seus dispositivos por opção própria, o Android da Google já disponibiiza essa possibilidade há bastante tempo. Supomos que mais vale tarde do que nunca, e os novos utilizadores já não terão que se preocupar em ficar limitados ao espaço de armazenamento do smartphone.

NFC no Windows Phone 8

Apesar de por cá ainda não ser uma funcionalidade extremamente popular, será sem dúvida uma adição bem-vinda ao segmento dos Windows Phone 8. O NFC (Near Field Communications) garante que os novos smartphones vão oferecer novas possibilidades aos seus utilizadores: sejam elas para comunicar com outros equipamentos, para fazer pagamentos através do smartphone ou para recorrermos a serviços de carteira digital (como o Google Wallet, por exemplo). Esta é, no entanto, uma potencialidade cujo proveito não é da respondabilidade da Microsoft, mas dos developers que desenvolverem aplicações a pensar em NFC.

Desenvolver apps para Windows Phone 8 é mais fácil

Qual é a melhor forma de cativar developers? É oferecendo um ecossistema simples, com potencial e para o qual não seja necessário um grande investimento de tempo para desenvolver aplicações. É o caso do Windows Phone 8, cujo código nativo oferece suporte para linguagens C e C++, além de ter sido criado para facilitar a portabilidade de aplicações já disponíveis noutros sistemas operativos. E este parece ser um esforço que a Microsoft leva a sério, já que a Windows Phone Store é uma das lojas de aplicações que apresenta os ritmos de crescimento elevados. A título de curiosidade, a Microsoft anunciou durante o evento de apresentação que iria trazer para o seu ecossistema cerca de 46 das 50 aplicações mais populares para iOS e Android.

Mapas Nokia

Apesar de ser mais conhecida pelos seus smartphones/telemóveis, a Nokia também é conhecida por apresentar a sua própria alternativa aos Google Maps - os Nokia Maps. As vantagens deste serviço é que só necessitam de recorrer a dados uma única vez, que é quando o smartphone estiver a fazer download de novos trajectos - estes passam depois a ser acessíveis em modo offline, sempre que o utilizador precisar, sem necessidade de consumir dados.

Windows Phone 8

Segurança reforçada

O sistema de segurança do Windows Phone 8 também foi reforçado e tem em conta a protecção dos dados pessoais dos seus utilizadores. Esta é uma medida que irá tornar os smartphones equipados com o sistema operativo da Microsoft mais amigáveis para utilizadores profissionais, já que também vai facilitar imenso a gestão remota e a disponibilidade de actualizações para vários smartphones - essencialmente, por existir um ecossistema Windows que tem esta preocupação, tanto o suporte como a segurança se tornam mais fáceis de gerir.

VoIP (Voice Over IP)

Imaginem que temos que fazer uma chamada, mas sem os custos associados - através de Skype ou de qualquer outro serviço semelhante. O facto de ter integração aprofundada significa que não deverá ser necessário arrancar uma aplicação de realização chamadas.

Windows Phone 8

Personalizar o Windows Phone 8

Apesar de ter uma interface bastante agradável, um dos factores em que o Windows Phone 7 ficava atrás da concorrência era no da personalização. Isto não significa que o Windows Phone 8 vai ser totalmente personalizável, mas pelo menos irá oferecer mais opções. O conceito de Live Tiles ganha outro significado com o Windows Phone 8 e permite que os seus utilizadores personalizem o ecrã inicial com Live Tiles com o tamanho que quiserem - as quais deverão exibir informações importantes para os seus utilizadores.

Notificações

O Windows Phone 8 vai disponibilizar informações importantes logo a partir do Lock Screen, ou ecrã de bloqueio. Isto inclui notificações de aplicações, notificações nas redes sociais.

Windows Phone 8

Estas são apenas algumas das melhorias que o Windows Phone 8 inclui, a maioria das quais nem sequer são visíveis. Significa, contudo, que a Microsoft está a apostar fortemente no segmento mobile, e aproxima o Windows Phone 8 dos seus principais concorrentes: iOS e Android. Ainda é cedo para darmos uma opinião, mas estamos entusiasmados com o rumo que as coisas estão a tomar. Resta-nos aguardar pela chegada dos primeiros Windows Phone 8 ao mercado para fazermos nós próprios um teste! O que acham do novo Windows Phone 8? Deixem-nos o vosso feedback!

3,705