NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Sony Ericsson e Nokia - As empresas mais verdes

Sony Ericsson e Nokia - As empresas mais verdes

segunda-feira, 11 janeiro, 2010 /
Sony Ericsson e Nokia - As empresas mais verdes A Sony Ericsson e a Nokia são as empresas electrónicas mais "verdes", de acordo com um relatório divulgado pela organização ecologista Greenpeace, que coloca os fabricantes Nintendo, Microsoft e Lenovo no fim da tabela ambiental.

A Greenpeace, que apresentou o seu "Guia para uma electrónica mais verde", também criticou outros gigantes do sector, como a Samsung, Dell, Lenovo e LG Electronics por não cumprirem as promessas de eliminar substâncias tóxicas nos seus produtos. No outro extremo, além da Sony Ericsson e da Nokia, situam-se a Apple e a HP que lideram o sector em termos de eliminação de substâncias perigosas das suas linhas de produção.

Greenpeace

Segundo a Greenpeace, a maioria dos grandes fabricantes mundiais de produtos electrónicos tinha prometido eliminar o PVC dos seus aparelhos no final de 2009, mas adiaram o seu compromisso pelo menos até 2011, o que a organização considera revelador de falta de interesse. Os ecologistas dizem que o PVC é "de todos os plásticos, o mais prejudicial em termos ambientais e pode formar dioxinas quando é queimado".

Mais informações e o ranking completo em www.greenpeace.org/rankingguide

2,391