NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Siemens instala sensores

Siemens instala sensores

terça-feira, 19 outubro, 2004 /
Siemens instala sensores Os telemóveis da Siemens passam a ter sensores que aguçam os sentidos. Os sensores, integrados na estrutura do CX70, reagem a palmadinhas de conforto ou a abanões furiosos - e transferem o estado de espírito do utilizador para avatares (imagens representando o alter-ego do utilizador, do tipo das colocadas no Messenger ou no ICQ), que podem então ser enviados via MMS.

Entretanto, a próxima geração de sensores em mini-chips já se encontra em desenvolvimento nos laboratórios de investigação da Siemens: sensores de gás que avisam atempadamente se o nível de ozono atinge limites perigosos, se uma concentração elevada de pólen no ar pode irritar os narizes alérgicos ou se existe uma ameaça de incêndio.

Com apenas um milímetro quadrado de tamanho, é praticamente impossível vê-los a olho nu.: estes sensores de gás com transístor de efeito de campo (FET) podem ser minúsculos, mas fornecem medições de extrema precisão e praticamente não consomem energia - qualidades que os tornam especialmente adequados para a utilização em telemóveis.

Os chips baseados em nanotecnologia detectam fiavelmente as quantidades mais ínfimas de gás, medindo a presença da tensão eléctrica produzida quando as moléculas de gás entram em contacto com os receptores na superfície do sensor - e emitem imediatamente um alarme.

Os investigadores da Siemens Mobile prevêem uma ampla gama de potenciais aplicações futuras para estes sensores. Integrados num telemóvel, estes pequeníssimos «farejadores» podem muito bem vir a transformar os telemóveis em multi-talentos móveis. Em estações meteorológicas, por exemplo, para medir a pressão atmosférica e informar os atletas sobre o tempo para as próximas horas (se vai fazer sol ou chover).

Por outro lado, nos dias em que os níveis de ozono estão particularmente elevados, o telemóvel pode alertar o utilizador para não fazer demasiados esforços físicos. Além disso, estes minúsculos chips podem também avisar da existência de um incêndio ainda contido que ameaça deflagrar ou identificar uma fuga de gás natural altamente explosivo em canalizações danificadas.
4,297