NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Serviços do I-mode arrancam de facto na Europa

Serviços do I-mode arrancam de facto na Europa

segunda-feira, 04 março, 2002 /
Serviços do I-mode arrancam de facto na Europa Na Alemanha os terminais de ecrã colorido NEC vendem-se por 249 Euros. Holanda e Bélgica seguem-se brevemente... O terminal em venda no mercado alemão para acesso ao serviço é o NEC N21i que vai estar à venda por uns meros 249 Euros. O valor de subscrição mensal do serviço vai orçar os 3 Euros e o acesso adicional aos conteúdos dos parceiros pode importar entre zero e dois euros. São preços de arrasar tendo presente o elevado poder de compra do mercado alemão e o pacote apelativo de serviços oferecidos, incluindo e-mail, terminal com visor a cores, melodias especiais etc. Na Holanda propriamente a KPN Mobile deu como prazo para o início da exploração do serviço meados do mês de Abril. Na Bélgica, a KPN Orange, por seu lado, só vai oferecer o I-mode em Junho, depois de efectuar o seu rebranding para a designação BASE. Com um modelo de taxação em função do volume de informação e não do tempo, terminais apelativos e uma oferta lata de conteúdos, o modelo I-Mode triunfou no Japão e ameaça agora ter igual sucesso na Europa, pese embora o relativamente tardio lançamento. Conta, no entanto, como um sinal do vigor e da capacidade do operador japonês em exportar, mais do que a sua tecnologia, o seu modelo de negócio para o mundo. Um aviso para a 3G recordando relativamente à qual que, enquanto na Europa o UMTS permanece em águas de bacalhau, em Tóquio o FOMA já é uma realidade.
3,629