NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Economizar bateria - as melhores dicas

Economizar bateria - as melhores dicas

sexta-feira, 10 abril, 2015 /
Economizar bateria - as melhores dicas

Apresentamos cinco valiosas medidas para que o teu smartphone não te falhe nas horas críticas.


Com o avançar dos anos, a bateria dos smartphones tem-se vindo a tornar num enorme problema. Temos vindo a assistir a uma corrida entre o avanço na evolução das baterias assim como das restantes componentes, sendo que neste caso, as últimas estão claramente a ganhar.

Um smartphone comum não aguenta muito mais do que um dia de uso moderado a intensivo, sendo até por vezes necessário recarregar o equipamento mais do que uma vez por dia. Deste modo e enquanto não chegam as baterias que podem ser recarregadas num minuto, é importante estares ocorrente de algumas “dicas” de forma a que consigas poupar a bateria do teu smartphone ao máximo.

Apresentamos-te cinco importantes passos por ordem de importância, para que sempre possas manter o teu smartphone ligado durante mais umas horas.


#1 – ECRÃ

Uma das funcionalidades que mais energia consome no smartphone, é sem dúvida o ecrã. É normal que em determinadas alturas do dia tenhas que eventualmente aumentar o brilho do ecrã, contudo, não tens necessariamente de o manter durante 24 horas. Assim sendo, convém sempre – durante o período nocturno por exemplo – colocares o brilho do teu ecrã no mínimo, desde que, logicamente, seja visível. O mesmo decorre para o período diurno.


BrilhoEcrã

Outra função do ecrã que consome bastante bateria quando não regularizada de forma correcta, é o tempo em que o mesmo fica ligado enquanto o smartphone está inactivo. Podes sempre alterar esta função indo às definições; dispositivo; ecrã e por fim, suspensão. Depois, é só seleccionar o tempo que pretendes que o ecrã fique activo (de preferência, selecciona a opção com menos tempo possível).


TempoEcrã


#2 – DADOS MÓVEIS

Mais uma função que te suga a bateria num instante. Os dados móveis comparados à ligação WiFi, consomem – se for preciso – mais do dobro da bateria. Desta forma, é sempre importante que em situações onde não seja estritamente necessária a ligação de dados móveis, a mantenhas sempre desligada. 


DadosMóveis


#3 – LOCALIZAÇÃO

Apesar de comparativamente às anteriores não ser das funções que mais bateria esgota, sempre é mais uma aresta que podes limar. Exceptuando o caso de estares a utilizar o Tinder, Google Maps ou qualquer outra aplicação que te exija os dados de localização, não há desculpa para que mantenhas a função ligada. 


Localização


#4 – WI-FI E BLUETOOTH

Ainda na senda de desligar funcionalidades, as ligações WiFi e Bluetooth são mais duas que ajudam a que a bateria do teu smartphone se esgote mais rapidamente. Mais vale perderes dois ou três segundos a desligar o WiFi e a voltar a ligar quando precises, do que manter sempre a ligação activa. O mesmo se aplica ao Bluetooth, outra ligação que absorve alguma bateria desnecessariamente. 


WiFiBluetooth


#5 – MODO POUPANÇA DE BATERIA

Se preferes não ter que te dar ao trabalho de concluir os quatro passos acima, então esta opção é para ti. Hoje em dia, vários smartphones já vem com um modo de poupança de bateria instalado por predefinição no sistema o que vem ajudar e muito, a que a bateria aguente durante mais uns tempos. No caso do Android Lollipop, para activares este modo basta ires a definições; dispositivo; bateria; seleccionar as reticências verticais situadas no canto superior direito do ecrã, carregar em poupança de bateria e por fim, activar o modo de poupança. 


ModoPoupançaEnergia

Caso o teu equipamento pertenca aos que não têm esta opção, tens sempre a possibilidade de instalar aplicações a partir da Google PlayStore ou AppStore, como é o caso da Battery Doctor ou a DU Battery Saver


 

 
8,027