NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O sucesso da Nokia com os Windows Phones baratos pode ser a infelicidade da HTC

O sucesso da Nokia com os Windows Phones baratos pode ser a infelicidade da HTC

sábado, 12 outubro, 2013 /
O sucesso da Nokia com os Windows Phones baratos pode ser a infelicidade da HTC

No Android, a Samsung, a LG e a ZTE; no Windows Phone, a Nokia - será que a HTC ainda tem alternativas à sua disposição?

Primeiro a Nokia, depois a BlackBerry - a seguir a HTC? Depois de um terceiro trimestre fiscal desastroso, várias foram as especulações que sugeriam que um dos possíveis caminhos a seguir poderia não passar pelo Android, mas por uma maior aposta no Windows Phone - estamos a falar da HtC, que tem dispositivos lançados neste segmento de mercado. Só que a HTC não domina nem o segmento do Android nem o do Windows Phone.

De facto, apesar de todos os prejuízos da Nokia, uma coisa é certa: a empresa finlandesa, que brevemente irá abandonar o segmento dos smartphones, tem sido a empresa dominante dentro desta plataforma. Mas até que ponto o sucesso da Nokia poderá ser o infortúnio da HTC? Para começar, a oferta da Nokia é bem mais abrangente e inclui gamas mais baixas.

O sucesso da Nokia com os Windows Phones baratos pode ser a infelicidade da HTC

A situação não é muito diferente do mercado dos smartphones Android, onde a HTC sempre se aventurou nas gamas elevadas: concorrentes como a Samsung, a LG, a ZTE e a Huawei, por exemplo, sempre obtiveram relativo sucesso a comercializar para os segmentos de entrada mais baixos, vendendo cada uma cerca de 12 milhões de unidades em cada trimestre fiscal.

Se a HTC optar por se focar mais no Windows Phone, poderá evitar alguns obstáculos como a concorrência renhidíssima que caracteriza o Android actualmente, incluindo nas gamas mais baixas. Mas competir contra o sucesso do Nokia Lumia 520, que tem sido um fenómeno de vendas em vários mercados por todo o mundo, poderá revelar-se um desafio hercúleo para uma empresa que já afirmou nunca vir a lançar smartphones baratos e de má qualidade.

O sucesso da Nokia com os Windows Phones baratos pode ser a infelicidade da HTC

Quando aceitou lançar-se no mercado com o sistema operativo da Microsoft, a Nokia sabia que o seu sucesso neste segmento estaria dependente dos smartphones baratos. Foi uma estratégia que levou o seu tempo a ser implementada, mas que actualmente está a pagar alguns dividendos à empresa.

5,297