NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O que mudou em 2014 para a Huawei?

O que mudou em 2014 para a Huawei?

sexta-feira, 16 janeiro, 2015 /
O que mudou em 2014 para a Huawei?

A empresa admite que 2014 foi palco das suas maiores conquistas até ao momento

*Artigo publicado também no iOnline


A percepção sobre a Huawei em 2015 não é a mesma de há dois ou três anos atrás. A empresa conseguiu conquistar mais distinção, não só entre os consumidores como também dentro da indústria. Esta viragem mostrou-se particularmente positiva em 2014, segundo admitiu a tecnológica chinesa.

« O ano de 2014 assistiu às nossas maiores conquistas até ao momento. A nossa estratégia de foco em produtos premium de gama média/alta deu os seus frutos », admite Richard Yu, CEO da Huawei, em comunicado à imprensa.

A mudança de estratégia que a empresa empregou no segmento dos smartphones foi uma das responsáveis por este sucesso. Ao concentrar esforços em disponibilizar uma experiência premium nas suas gamas médias e altas, a Huawei conseguiu aumentar em 30% as suas vendas de smartphones, o que se traduziu em receitas superiores a 11,8 mil milhões de dólares.


Os principais representantes desta estratégia no ano passado foram o Huawei Ascend P7 e o Ascend Mate 7. A recepção destes dispositivos por parte dos consumidores, garante a empresa, foi boa - de facto, terão contribuído para alavancar o reconhecimento de marca da Huawei de 52% (2013) para 65% (2014). A recomendação da marca também chegou aos 43%, de acordo com a IPSOS.

O Ascend P7 vendeu 4 milhões de unidades nos seis primeiros meses após o seu lançamento, em Maio de 2014. A gigante chinesa afirma que o Ascend Mate 7 - introduzido em Setembro, durante a IFA Berlim 2014 - também tem obtido boa recepção, embora ainda não tenha avançado números para esta gama em particular.

A gama G7 também foi bem-sucedida em vender mais de 1 milhão de unidades nos primeiros dois meses após a sua chegada ao mercado.


4,046