NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Nova aposta da Xiaomi é uma bateria externa de 16.000 mAh

Nova aposta da Xiaomi é uma bateria externa de 16.000 mAh

quarta-feira, 05 novembro, 2014 /
Nova aposta da Xiaomi é uma bateria externa de 16.000 mAh

A estratégia da empresa neste segmento de mercado também assenta em valores acessíveis e apelativos ao consumidor

*Artigo publicado originalmente no iOnline

A Xiaomi, que recentemente apanhou o mercado de surpresa ao converter-se na terceira maior fabricante de smartphones do mundo, anunciou o lançamento de uma bateria externa com 16.000 mAh capaz de efectuar, em média, sete carregamentos completos a um smartphone antes de requerer uma nova carga. A sua chegada ao mercado chinês ocorre dia 11 de Novembro.

À semelhança da estratégia da empresa para comercializar smartphones, também esta bateria externa apresenta um valor comercial bastante apelativo para o consumidor convencional: o seu valor de lançamento equivale a 13 euros (99 yuan), antes de sofrer um reajuste para 17 euros (129 yuan).

Por enquanto esta oferta só estará disponível no mercado asiático, mas a presença de armazéns europeus da Xiaomi reforça a hipótese de que, num futuro próximo, os consumidores europeus também poderão adquirir esta bateria externa.

Nova aposts da Xiaomi é uma bateria externa de 16.000 mAh

Terceira maior fabricante

Foi na semana passada que a Xiaomi, com uma presença cada vez mais significativa na China e ainda pouco proeminente no resto do mundo, apanhou o mundo de surpresa ao ultrapassar gigantes bem-estabelecidas como a LG e a Lenovo.

De facto, no novo top 3 mundial a empresa, que ainda é pouco popular na Europa, fica atrás apenas da Samsung e da Apple.

As expedições da Xiaomi mais do que triplicaram este ano, situando-se nas 17 milhões de unidades. Isto concede à Xiaomi uma quota de mercado global na ordem dos 5,3%. Em termos comparativos, a Apple, que ocupa o segundo lugar do ranking, tem 12%, ainda assim abaixo da Samsung, que lidera o mercado com 23,8%.

4,366