NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Nokia reporta Crise, mas as vendas do 5800 XpressMusic estão a subir

Nokia reporta Crise, mas as vendas do 5800 XpressMusic estão a subir

sexta-feira, 17 abril, 2009 /
A Nokia relatou a sua situação financeira no final do 1º trimestre deste ano e o quadro não foi animador. No entanto, vendeu Nokias 5800 XpressMusic como chupa-chupas. De acordo com um inquérito levado a cabo este ano, o maior fabricante telemóveis está numa fase de queda de 90% nos lucros e 27% nas vendas. Os finlandeses começaram inclusive a cortar nos postos de trabalho. Claro que tudo isto é resultado da desaceleração económica que se faz sentir a nível mundial. O mais assustador é a queda dos lucros em que o actual rendimento apresenta 122 milhões comparados com 1.2 biliões de euros relativamente a 2008. Seguem-se as vendas em curso. Este ano Nokia fez 9.28 mil milhões de euros, mas no 1º trimestre 2008, a empresa fez 12.7 mil milhões de euros. Em tempo de crise, o primeiro passo é cortar empregos e na Nokia aconteceu o mesmo. A empresa deu uma machadada em 1700 funcionários em todo o mundo, apenas no mês de Março. Na verdade, a crise financeira não poupou a Nokia, que tem vindo a tomar medidas de redução em todos os aspectos. Mas, nem tudo é tão mau como parece. Nokia alega que, no último trimestre venderam 2.8 milhões de unidades do famoso 5800 XpressMusic e que teriam vendido mais se não fossem as actuais condições. A partir de agora, vão enviar por navio 1 milhão de 5.800 unidades por mês. A grande novidade é que o Nokia 5800 XpressMusic está também disponível em cinzento. O lançamento previa apenas as cores preta, azul e vermelha. Apesar da crise, a Nokia detém ainda uma posição líder com uma quota de mercado de 37%.
2,589
Tags
Nokia