NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Nokia Lumia 900: primeiras impressões

Nokia Lumia 900: primeiras impressões

sexta-feira, 30 novembro, 2012 /
Nokia Lumia 900: primeiras impressões

Enquanto não nos chegam os Windows Phone 8, porque não olhar para um dos expoentes máximos do Windows Phone 7? Eis o Nokia Lumia 900.

Nokia Lumia 900: primeiras impressões

O Nokia Lumia 900 é provavelmente um dos expoentes máximos dentro do segmento dos smartphones equipados com Windows Phone 7. Apesar das limitações que esta versão do sistema operativo da Microsoft tem, a experiência de utilização revelou ser o início de algo com muito potencial pela frente - e que se começa agora a materializar com o Windows Phone 8 e respectivos dispositivos.

Em termos físicos, o Nokia Lumia 900 é bastante semelhante ao Nokia Lumia 800 - que também tivemos o prazer de analisar e sobre o qual podem ler a nossa opinião aqui -, embora com especificações técnicas ligeiramente superiores. Na verdade, a 'santa trindade' da Nokia foi, a certa altura, a do Nokia N9, do Nokia Lumia 800 e do Nokia Lumia 900 - todos semelhantes fisicamente, embora a série Lumia se distancie do seu 'irmão' por correr um sistema operativo diferente.

Nokia Lumia 900: primeiras impressões

E vamos repetir o que dissemos em relação ao 800 - o design é simplesmente sublime. Atrevemo-nos a dizer que estamos provavelmente perante um dos smartphones mais belos que alguma vez vimos, com um design que, na nossa opinião, consegue superar o do Apple iPhone 5. E não nos referimos apenas à sua aparência elegante - mais do que isso, o Nokia Lumia 900 é um smartphone extremamente resistente (podem conferir aqui, por exemplo, uma série de testes extremos realizados a este Windows Phone 7 da fabricante finlandesa).

Porque não foi melhor sucedido? Há muitas explicações óbvias, claro - uma delas é o facto de o Windows Phone ainda não ter a mesma oferta, pelo menos em termos de aplicações, que os concorrentes Android ou iOS têm. Também acreditamos que o 'mau fado' a que a Nokia tem estado associada no último ano/ano e meio não contribuiu muito para favorecer a imagem desta fabricante perante os consumidores. Mas mais importante ainda: ninguém sabia propriamente o que esperar do Windows Phone e, a partir do momento em que foi anunciado que não haveria uma actualização para Windows Phone 8 para a geração WP7, as expectativas de muitos cairam por terra. Inclusive as nossas. Só podemos imaginar a tarefa hercúlea que a Nokia e a Microsoft têm agora pela frente com o WP8.

Nokia Lumia 900: primeiras impressões

Isso não deverá influenciar, à partida, a nossa experiência de utilização - que neste caso nos é familiar não só por estarmos perante um 'irmão mais velho' do Nokia Lumia 800, mas porque o próprio Windows Phone é provavelmente o sistema operativo mais simples e user friendly que conhecemos actualmente no segmento mobile. Sim, na nossa opinião consegue ser ainda mais simples que o iOS da Apple.

Mas é claro que a proposta deste smartphone se diferencia da do Nokia Lumia 800. E é por isso que vai acompanhar-nos ao longo dos próximos dias até que tenhamos formulado uma opinião sobre ele. E os leitores? O que acham deste smartphone? Já tiveram o prazer de utilizar? Deixem-nos o vosso feedback!

2,752