NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Nokia em reestruturação com despedimentos

Nokia em reestruturação com despedimentos

quarta-feira, 05 novembro, 2008 /
A Nokia comunicou a sua intenção em realizar despedimentos nas suas unidades de negócio com o objectivo de aumentar o lucro reduzindo os custos e assim aumentar a sua competitividade. Os cortes de pessoal (450 no total, 100 na Finlândia) que vão atingir as áreas de vendas e marketing dentro desta rede de telecomunicações, são medidas que, segundo a empresa, pretende "reforçar a relação de interface com o cliente e atingir as metas estipuladas pela organização . Ainda de acordo com a reestruturação; O NRC (Centro de Pesquisa Nokia), vai "focalizar" os seus objectivos, fortalecendo as áreas de pesquisa, mas com menos gente, anunciando que cerca de 130 técnicos vão ser afectados neste Centro sendo que 100 estão na Finlândia. Também em Turku vai encerrar uma das fábricas com possibilidade de realocação dos seus funcionários em número de 220 para a fábrica de Salo ou para os arredores de Helsínquia, assunto que está em negociação, avança a Nokia em comunicado. Por fim, estão previstos ainda alguns ajustes no processo global das operações que irão atingir cerca de 35 funcionários. A Nokia é líder mundial das telecomunicações móveis e emprega cerca de 60 mil pessoas. Tal como outros fabricantes destes equipamentos, a Nokia tem enfrentado quebras nas vendas principalmente na Europa e América do Norte, com falta de investimento dos operadores europeus, eles próprios estão a atravessar dificuldades financeiras. Apesar de tudo, a Nokia deixa em comunicado que pretende encontrar postos de trabalho alternativo dentro da sua rede para o maior número possível de trabalhadores.
3,689