NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
KPN substitui UMTS por i-mode

KPN substitui UMTS por i-mode

terça-feira, 09 abril, 2002 /
Os holandeses da KPN foram os primeiros a abandonar o barco do UMTS: antes, ainda vem o i-mode. Em detrimento do UMTS, a KPN decidiu apostar no sistema importado do Japão, mais concretamente da NTT DoCoMo, o i-mode. Com a incerteza ainda a pairar no panorama da terceira geração europeia, o operador holandês decidiu "encostar" os planos do seu UMTS e seguir os conselhos dos parceiros nipónicos.

A garantia da adopção desta estratégia foi dada por Ludolf Rasterhoff, um dos executivos da unidade móvel da empresa, ao dizer que o UMTS só será lançado na Holanda quando houver um número suficiente de clientes e fornecedores de conteúdos para o i-mode.

Aliás, os próprios holandeses não se mostram muito apressados em colocar em funcionamento o sistema UMTS, uma vez que a grande maioria dos serviços prestados pelo sistema de terceira geração europeu também é fornecido pelo i-mode, designadamente a internet de alta velocidade, a transferência de ficheiros multimédia e chamadas de video.

Já no mês passado, a KPN tinha anunciado que todas as previsões apontavam para o que o seu sistema UMTS fosse apresentado comercialmente na segunda metade de 2003 e que em 2004 apenas uma cidade tivesse capacidade de comunicar nessas condições.
3,116