NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Huawei G8. Análise

Huawei G8. Análise

terça-feira, 24 novembro, 2015 /
Huawei G8. Análise

O Huawei G8, analisado ao pormenor.


* Imagem por: Telemoveis.com

** Saiba todas as características do Huawei G8, aqui.

*** Equipamento cedido por: Huawei Portugal

HUAWEI G8 EM RESUMO

- Ecrã de 5.5” Polegadas Full HD.

- Câmara principal de 13 MP e secundária de 5 MP.

- Processador Qualcomm Snapdragon 615.

- Memória RAM de 2 / 3 GB e armazenamento interno de 16 / 32 GB.

- Conectividade 4G LTE, NFC e sensor de impressões digitais.

- Bateria de 3.000 mAh.

- Sistema Operativo Android v5.1 (Lollipop).
 

PREÇO

Huawei G8 3 GB / 32 GB – 449.99 €

Preço de acordo com o site oficial da Fnac.
O Huawei G8 pretende colmatar uma área no mercado das telecomunicações que não é propriamente correspondente a topos de gama, mas também não pertence a uma gama média da indústria. Até agora a Hauwei apenas lançou equipamentos claramente dintiguidos nos mais conhecidos e comuns segmentos do mercado, sendo que o Huawei G8 apresenta deste modo uma solução para os consumidores que pretendem um dispositivo premium, a custos inferiores aos famosos terminais.

#1 - Huawei G8. Design, Ecrã e Ergonomia

O Huawei G8 apresenta um design bastante bem conseguido, com um corpo totalmente feito à base de vidro e alumínio, espelhando a tendência evidenciada pelas principais marcas ao apresentarem smartphones de gamas altas. As medidas são bastante generosas, com o Huawei G8 apresentar uma largura de 76.5 mm, um comprimento de 152 mm e uma espessura de apenas 7.5 milímetros, demonstrando uma tentativa da marca em tornar o smartphone o mais ergonómico possível.
 

HuaweiG8-2

Imagem por: Telemoveis.com
 
Quanto ao ecrã, o mesmo é de 5.5” polegadas e apresenta uma resolução Full HD (1080 x 1920p), conferindo-lhe uma qualidade de imagem condicente com a gama onde o equipamento se apresenta. Deste modo, a visualização de vídeos em alta-definição assim como a própria jogabilidade, deverão apresentar uma qualidade bastante saliente.
 

HuaweiG8-1

Imagem por: Telemoveis.com
 
Em termos ergonómicos o Huawei G8 não é um dispositivo fácil de utilizar com apenas uma mão, provocando no entanto uma excelente sensação ao toque devido aos materiais utilizados na sua construção, o que causa a impressão de estarmos a segurar um dispositivo premium e com acabamentos de qualidade, o que de facto é o caso.
 

HuaweiG8-3

Imagem por: Telemoveis.com

#2 - Huawei G8. Câmara

A câmara principal do Huawei G8 apresenta 13 MP de resolução, que se espera que ofereça uma qualidade bastante razoável na hora de tirar boas fotografias. De forma a testar a eficácia e qualidade da câmara, foram tiradas duas fotografias à mesma paisagem, uma em ambiente diurno e por fim, outra no decorrer da noite.
 

HuaweiG8-7

Imagem por: Telemoveis.com
 
De acordo com a imagem acima, verifica-se que a qualidade evidenciada pela câmara do Huawei G8 é de facto surpreendente, com todos os detalhes da imagem a apresentarem um excelente contraste entre si, tornando toda a paisagem prazerosa de observar, especialmente se tivermos em conta o ecrã Full HD do smartphone assim como a estabilização óptica de imagem.
 

HuaweiG8-8

Imagem por: Telemoveis.com
 

Quanto à fotografia tirada no decorrer do período nocturno, a imagem logicamente não é tão boa como a anterior, contudo, apresenta uma qualidade muito acima da média. A imagem denota uma boa profundidade, com uma absorção de luz mais do que suficiente para se poder considerar definida e até superior a muitos outros smartphones concorrentes.

Por fim analisámos o vídeo, cuja resolução máxima é em Full HD (1080p) a 30 frames por segundo, oferecendo desta forma uma razoável qualidade de gravação. Numa pequena nota editorial, é de salientar que ficámos mal habituados com alguns dispositivos que já por cá analisámos, que oferecem qualidades de gravação com a mesma resolução, mas a 60 frames por segundo que, honestamente, faz toda a diferença.


Já no que respeita à câmara frontal, a mesma ostenta 5 MP de resolução, juntamente com algumas ferramentas de software adicionadas pela própria Huawei, de forma a que as selfies saiam sempre o mais próximo possível da perfeição.

Nota: Infelizmente o “Super Noite” não está presente nas opções da câmara do Huawei G8, ao contrário do Huawei P8, cuja análise podem consultar aqui.

#3 – Huawei G8. Entretenimento

Relativamente às vertentes que incluímos no ramo “entretenimento”, destacámos três: jogabilidade, navegação na internet e por fim, visualização de vídeos em alta-definição.

No que respeita à primeira categoria, o desempenho oferecido pelo Huawei G8 foi satisfatório, mas também não foi muito além disso mesmo. Foram instalados vários jogos actuais e graficamente exigentes, medida sob a qual se pretendeu verificar como se comportavam o hardware presente no dispositivo, nomeadamente a componente gráfica Adreno 405. Neste sentido temos a dizer que no decorrer do jogo Eternal Arena, o Huawei G8 demonstrou uma reprodução razoável, tendo contudo evidenciado alguns atrasos inesperados, mas nada que comprometesse tacitamente a experiência.
 

HuweiG8-6

Imagem por: Telemoveis.com
 

Em relação à navegação na internet, a mesma foi feita com fluidez e naturalidade, na qual não se notaram atrasos ou bloqueios claros. Contudo fica a sensação de que existiu uma certa falta de optimização por parte da fabricante, já que dadas as especificações das componentes, virtualmente qualquer funcionalidade deveria funcionar sem qualquer tipo de problema.

Por fim a visualização de vídeos em alta-definição e, aqui, o Huawei G8 obteve um fantástico desempenho, proporcionando uma excelente experiência, muito devido à óptima qualidade de ecrã.

#4  - Huawei G8. Processador e Memória

Em termos de processamento o Huawei G8 apresenta um processador da reconhecida fabricante Qualcomm, correspondendo neste caso ao modelo Snapdragon 615, um processador de oito núcleos (Quad-Core a 1.5 GHz + Quad-Core a 1.2 GHz) juntamente com uma componente gráfica Adreno 405, que à partida deverá garantir um funcionamento “sem espinhas”.

Ao longo da utilização do smartphone não se verificaram especiais entraves à sua funcionalidade geral. É contudo de destacar alguns atrasos na abertura de algumas aplicações, nomeadamente do browser Google Chrome assim como uma ligeira intermitência na abertura de pastas e modo multitarefa. No entanto, nada que comprometa a utilização.
 

HuaweiG8-4

Imagem por: Telemoveis.com
 

Quanto à memória, o Huawei G8 ostenta 3 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno, quantidades que se verificaram mais do que suficientes para as respectivas funções. Foram abertas múltiplas aplicações em simultâneo de modo a testar os limites da memória virtual, algo que não conseguimos efectuar com sucesso, já que por mais aplicações que fossem abertas o Huawei G8 correspondeu sempre às expectativas.

Já em relação ao armazenamento interno, 32 GB é cada vez mais considerado como o espaço mínimo a disponibilizar em gamas mais latas do mercado, condição à qual o Hauwei G8 não é excepção. Neste sentido o utilizador não terá de se preocupar com espaço para guardar vários filmes em Full HD, ou álbuns de música e imagens, já que 32 GB chegam e sobram para armazenar muito conteúdo multimédia.

#5 – Huawei G8. Conectividade e Bateria

O Huawei G8 apresenta várias funcionalidades no que à conectividade diz respeito, nomeadamente ligação 4G LTE assim como tecnologia NFC, justificando a sua posição no segmento médio/alto do mercado. À semelhança do topo de gama da Huawei, o Huawei Mate S, o G8 também introduz um sensor biométrico de impressão digital que, diga-se de passagem, funciona lindamente. Resumindo, quanto à conectividade, absolutamente nada a apontar.
 

HuaweiG8-5

Imagem por: Telemoveis.com
 

A bateria do Huawei G8 vem com 3.000 mAh de capacidade, um marco que se vem tornando cada vez mais evidente no mercado de linhas mais elevadas. Esperou-se deste modo uma excelente autonomia, algo a que o Huawei G8 correspondeu com distinção.

Estamos em condições de afirmar que a bateria do Huawei G8 aguentou mais de um dia e meio de utilização, sendo que com uma utilização quase em stand-by (consulta de emails e acesso ocasional ao facebook) permitiu uma utilização superior a três dias. Sem dúvida um excelente trabalho por parte da fabricante chinesa.

#6 – Huawei G8. Conclusão

Dada a gama onde se insere, dificilmente se encontram outros smartphones que ofereçam as mesmas funcionalidades / especificações que o Huawei G8 providencia. No entanto já por diversas vezes tivemos oportunidade de verificar que as características e componentes não são tudo, sendo que a optimização desempenha um especial papel neste sentido, algo que a Huawei aparentemente não levou muito em conta. Os atrasos e intermitências em alguns momentos foram uma surpresa pouco agradável, assim como o desempenho em termos de jogabilidade, que também ficou um pouco aquém do esperado. Também a introdução de bastante software próprio da marca algo inútil, não abona a favor do dispositivo (caso de, por exemplo, uma aplicação chamada “espelho”).

Quanto às virtudes destaca-se a bateria que obteve um excelente desempenho, assim como as opções de conectividade que se revelaram bastante satisfatórias. A memória RAM de 3 GB é também uma componente a destacar, juntamente com a câmara, cuja qualidade é de facto muito boa.
 

HuaweiG8-9

Imagem por: Telemoveis.com

#7 – Huawei G8. Opinião Pessoal

Dada a utilização que faço de um smartphone, pessoalmente dou primazia à funcionalidade e fluidez de sistema, assim como a uma boa imagem de ecrã, qualidade da câmara e jogabilidade. As especificações e características acabam por se tornar irrelevantes quando todas as condições acima são cumpridas com eficácia, algo que não verifiquei no Huawei G8, especialmente se tivermos em conta os pequenos atrasos no desempenho de algumas funções como a abertura do menu multitarefa, ou a performance obtida no segmento correspondente à fluidez na reprodução de jogos mais exigentes.

Excluindo as características acima referidas gostei bastante do Huawei G8, especialmente a navegação na internet que se revelou praticamente sem falhas, ou o excelente ecrã que proporciona uma imagem vívida, nítida e com um óptimo contraste de cores. Destaco também a fantástica qualidade de construção do Huawei G8, que realmente proporciona uma experiência premium na sua utilização.

Agora, se era capaz de comprar o dispositivo pelo preço a que é comercializado (449 €)? Não.

Siga-nos no Instagram!

7,097