NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
HTC Desire S review

HTC Desire S review

segunda-feira, 09 maio, 2011 /
HTC Desire S review

O HTC Desire S é a última grande novidade em telemóveis da HTC e foi apresentado ao mundo, pela primeira vez, durante o Mobile World Congress em Barcelona.

O HTC Desire S é o telemóvel mais recente da HTC, tendo sido dado a conhecer ainda durante o Mobile World Congress 2011. À primeira vista diríamos que o HTC Desire S reúne em si tudo o que foi feito em telemóveis HTC até ao momento, talvez com maior ênfase em Java, já que é um telemóvel muito empresarial. Vejamos porquê. 

O HTC Desire S foi lançado tendo como target profissionais e homens de negócios. A HTC sublinhou neste modelo as funcionalidades do telemóvel, juntamente com a sua conectividade, para este efeito. O próprio aspecto do HTC Desire S sugere uma impressão semelhante.

Mas os comuns mortais não devem desesperar, pois também poderão usufruir do HTC Desire S se souberem como tirar o melhor partido possível dele.

HTC_Desire_S_01

Utilizar o HTC Desire S no escritório

O HTC Desire S traz o mais recente sistema Android (2.3) para telemóveis, e corre com um Qualcomm 8250 Snapdragon, Adreno 200 GPU e um processador de 1 GHz que permite suficiente velocidade e eficiência.

Como seria de esperar, o HTC Desire S suporta todos os tipos de actividade de negócios e inclui todas as funcionalidades obrigatórias - ver e-mail, MMS, Chat e traz browser HTML. Em termos de conectividade, o HTC Desire S suporta 2G e 3G e disponibiliza uma rápida ligação à Internet.

Como foi referido, o HTC Desire S dá um grande ênfase ao suporte Java, o que se torna útil e permite a funcionalidade de todas as funções oficiais do telemóvel, sobretudo quando dedicadas a negócios ou outros segmentos profissionais. A expectativa é que o HTC Desire S cative os utilizadores e os mantenha colados a ele.

HTC_Desire_S_06

Aspecto e ecrã do HTC Desire S

O HTC Desire S é um telemóvel atraente. Tem ângulos arredondados, tem uma forma lisa e suave. Quanto ao seu ecrã, ocupa toda a parte frontal do HTC Desire S, apenas com espaço suficiente para as teclas touch no fundo do ecrã. Os botões são sensíveis e não tem teclado.

Passemos ao ecrã do HTC Desire S. É um touchscreen capacitivo S-LCD e suporta 16 milhões de cores, numa resolução de 480 x 800 que promete grande qualidade gráfica. O ecrã é de 3,7 polegadas e podemos afirmar que, para um telemóvel HTC, é relativamente pequeno.

O ecrã deste telemóvel HTC garante, ainda assim, espaço "de trabalho" suficiente. Destaquemos que é suporta funcionalidades multitouch e multitasking, permitindo ter várias aplicações abertas em simultâneo. Além disso, traz Acelerómetro, a famosa Interface HTC Sense 3.0 e um sensor de proximidade.

HTC_Desire_S_09

Câmara e Memória do HTC Desire S

O HTC Desire S proporciona espaço ilimitado para mensagens e contactos, além de possuir uma memória de 1,1 GB de Ram e 768 MB de ROM. Para completar o arsenal, vem armado com uma entrada microSD para maximizar o espaço disponível até 32 GB, o que é razoável para transportar ficheiros de tamanho considerável.

A câmara do HTC Desire S é de 5 MP e tira fotos de uma resolução elevadíssima (2592 x 1944). Se à partida 5 MP parecer pouco para um telemóvel topo de gama, a nossa aposta é que as fotos do HTC Desire S vão ganhar muitos admiradores.

HTC_Desire_S_04

Para ajudar na precisão e claridade das fotos, o HTC Desire S permite focar a imagem com o toque e traz focagem automática. Se as condições de iluminação não forem as melhores, traz um flash LED para focagem intensificada e estabilização de imagem. Este HTC também traz uma câmara secundária para gravação de vídeo.

Música e vídeo no HTC Desire S

O HTC Desire S lê todos os formatos populares de áudio. O telemóvel traz um jack áudio de 3,5 mm para headphones, alta voz e Rádio FM estéreo para quem não dispensa a companhia da Rádio.

A câmara secundária do HTC Desire S permite realizar vídeo-conferências e serve igualmente para gravações. Embora seja VGA permite gravar vídeos com qualidade HD a 720p e a 30 frames por segundo.

HTC_Desire_S_03

Conclusões sobre o HTC Desire S

O HTC Desire S é um bom telemóvel, mas talvez as expectativas que tenha criado aos fãs dos telemóveis HTC não tenham sido cumpridas. Um aspecto que temos certamente a criticar é a autonomia da bateria. Apesar de teoricamente estar preparada para uma autonomia até 450 horas, a verdade é que não chega a durar um dia.

Com uma utilização intensiva torna-se igualmente intensivo ter que carregar o HTC Desire S, e isto é sem dúvida um grande inconveniente.

Por outro lado, não deixa de ser um telemóvel HTC. Isto significa que obtemos um telemóvel resistente e com uma boa construção, com utilização intuitiva e com muita elegância à mistura. Um bónus passa pelo ecrã que oferece uma excelente qualidade de imagem e promete fazer as delícias dos profissionais que, nas horas vagas, vejam vídeos ou naveguem na Internet.

4,346