NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Holanda quer liderar «cell broadcast»

Holanda quer liderar «cell broadcast»

sexta-feira, 20 agosto, 2004 /
A Holanda assume a vontade de ser pioneira em «cell broadcast», o sistema de envio de SMS rápidas em caso de catástrofe. O Ministério da Economia da Holanda assinou um contrato com a LogicaCMG - fornecedora de soluções de telefonia móvel - para o desenvolvimento do primeiro projecto nacional de telefonia móvel do mundo, baseado na tecnologia «cell broadcast», norma GSM que permite a transmissão de SMS (mensagens curtas de texto) a todos os assinantes de uma determinada área geográfica.

No caso específico da Holanda, o projecto prevê a divisão do território em 5 mil células diferentes. Dessa forma, o governo pode transmitir instruções aos cidadãos de uma determinada localidade, em casos específicos como o de uma fuga de gás, por exemplo, ou uma catástrofe.

A principal diferença do «cell broadcast» em relação aos sistemas tradicionais de SMS está no facto do remetente não precisar de saber o número do telemóvel do destinatário. Além disso, a tecnologia permite uma distribuição das SMS em apenas três minutos, independente do congestionamento da rede.

O projecto prevê que 40% do sistema sejam utilizados pelos órgãos públicos, enquanto os restantes 60% serão destinados a empresas privadas para actividades comerciais. Graças ao apoio das operadoras holandesas, o sistema será oferecido para todos os telemóveis do país com capacidade para receber as SMS.
2,861