NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
19 Dicas para prolongar a autonomia de bateria do seu telemóvel Android

19 Dicas para prolongar a autonomia de bateria do seu telemóvel Android

segunda-feira, 03 junho, 2019 /
19 Dicas para prolongar a autonomia de bateria do seu telemóvel Android

The Rent Zone - Aluguer de Dispositivos Tecnológicos

Continue a ler para saber como ‘espremer’ cada gota de autonomia para fazer a bateria do seu telemóvel durar mais tempo.

 

Quando usamos o telemóvel a toda a hora, conseguir uma autonomia satisfatória pode parecer impossível. Os ecrãs estão cada vez maiores, têm cada vez mais resolução e sugam cada vez mais autonomia de bateria.

Se é verdade que nunca foi tão rápido carregar baterias, também é verdade que isto não é o mesmo que ter mais duração. Assim é difícil ter energia para um dia inteiro.

No entanto, há ajustes que ajudam a prolongar a autonomia.

 

1. Descobrir as aplicações que gastam mais bateria

No Android, vá ao menu Configurações> Bateria.

Vai encontrar um relatório completo sobre o funcionamento das suas apps (e ser notificado se uma app consumir mais energia do que é suposto).

No canto superior direito do ecrã, toque nos três pontos.

Selecione ‘Uso da bateria’ (ou ‘Utilização da bateria’) para ver que recursos estão a utilizar a bateria do seu telemóvel.

Neste menu tem acesso a informações sobre as aplicações que mais drenam a bateria, e quanto tempo de autonomia ainda lhe resta com base no padrão de utilização atual.

No menu Bateria tem acesso a recursos adicionais de grande utilidade, como por exemplo a opção de economia de bateria. Por padrão, esta opção fica activa quando a bateria atinge os 15%, mas este valor poder ser alterado pelo utilizador. Além disso, é possível activar esta opção sempre que o utilizador quiser.

Se activar a Poupança de Bateria, algumas funcionalidades do telemóvel ficarão desativadas. Esta função também restringe o uso de algumas aplicações.

 

2. Ligar a bateria adaptativa

Aceda a Configurações> Bateria> Bateria Adaptável e ative esta última opção.

Este recurso, introduzido no Android Pie, impede qualquer aplicação que o utilizador não use frequentemente de drenar demasiada energia em segundo plano.

Logo abaixo desta opção é possível encontrar uma lista de aplicações restritas (que por padrão se encontra vazia).

O utilizador não pode simplesmente colocar qualquer aplicação nesta lista; em vez disso, a Bateria adaptável monitoriza apps executadas em segundo plano e, se alguma estiver a usar demasiada energia, o utilizador é notificado e ganha a opção de incluir a app nessa listagem.

Este é um recurso de grande utilidade assim que percebemos o que está a drenar a energia do telemóvel.

Mesmo as fabricantes com os testes de hardware/software mais rigorosos perdem controlo na utilização que vai ser conferida aos seus dispositivos assim que estes forem adquiridos.

A opção Bateria Adaptável permite exercer algum controlo sobre essa incerteza e ajuda as fabricantes a perceber quais são as apps com mais influência no seu desempenho.

 

3. Parar apps executadas em segundo plano

O seu telemóvel não precisa de correr Android Pie para saber que aplicações estão a ser executadas em segundo plano. De facto, mesmo em versões anteriores do sistema operativo da Google é possível restringir a acção destas apps.

Se no Android Pie basta deslizar para cima (a partir da parte inferior do ecrã) para aceder a esta opção, nas versões mais antigas do Android existe um botão dedicado (num dos lados do botão inicial).

Tenha em atenção que forçar a paragem de uma aplicação só produz resultados caso não volte a aceder à mesma. Reiniciar um aplicação requer mais energia do que aquela que poupa quando interrompe os seus processos em segundo plano.

 

4. Activar o Always-On Display (disponível só em alguns telemóveis)

Algumas fabricantes permitem exibir permanentemente os ícones das horas, data e notificação quando o ecrã se encontra desligado. Apesar desta ser uma opção que consome energia, os consumos são mínimos quando comparados com o impacto de ligar constantemente o ecrã para ver as horas ou consultar novas notificações.

Esta opção costuma ser nativa, mas também podem ser replicadas em apps disponíveis na Google Play.

No entanto, recomendamos que não use esta função em telemóveis com ecrãs LCD, uma vez que vai prejudicar o consumo de energia do telefone. Se não encontrar esta opção disponível no seu telemóvel, o mais provável é que o seu ecrã seja LCD. Por via das dúvidas, consulte as especificações técnicas do seu modelo.

Esta opção de visualização pode ser acedida em Definições> Ecrã> Avançado> Visualização Glance> Duração.

Caso esta opção se encontre disponível, recomendamos deixá-la sempre activa.

 

5. Reduzir o brilho do ecrã; desactivar o Brilho Adaptável

Ter o brilho do seu telemóvel no máximo pode valer a pena debaixo de forte luz solar, mas noutras ocasiões pode ser um excesso desnecessário.

O ecrã é uma das principais fontes de drenagem do telemóvel.

Para reduzir o brilho, pode aceder a Definições> Ecrã> Nível de brilho e depois mover o ponteiro para um nível mais razoável. Na barra de notificações do telefone também deve encontrar uma barra deslizante para configurar o brilho do ecrã do telefone.

Quando estiver neste menu, aproveite também para desactivar o brilho adaptável. Apesar da intenção deste recurso ser positiva, este mecanismo é facilmente enganado pela iluminação interna e retira todo o controlo do utilizador.

 

6. Reduzir o tempo de suspensão do ecrã

Sempre que activa o ecrã, este permanece activo por tempo indeterminado, mesmo depois de terminar o que quer fazer. Esse período de tempo é ajustável e, quanto menor for a sua duração, menos energia vai desperdiçar.

Toda vez que você acorda a tela, ela permanece ativa por um período predeterminado, mesmo depois de ter terminado o que você queria fazer. Você pode ajustar esse período de tempo e, quanto menor for o tempo limite da tela, menos energia da bateria será desperdiçada.

Encontre esta opção em Configurações> Ecrã> Avançado> Suspenso. O mais curto que você pode definir é 15 segundos.

 

7. Reduzir a resolução do ecrã (disponível só em alguns telemóveis)

Nem todos os telefones permitem ajustar a resolução da tela, mas os topos-de-gama da Samsung são notáveis ​​pelo fato de estarem equipados com ecrãs Quad-HD + e, na verdade, usarem o padrão Full-HD +.

Isso serve para reduzir o consumo de bateria, com menos energia necessária para processar todos esses píxeis.

Verifique as suas configurações de resolução de ecrã (num telefone Samsung) em Definições> Ecrã> Resolução de ecrã.

 

8. Ativar o modo escuro (disponível só em alguns telemóveis)

O Modo Escuro (ou Dark Mode) ainda não está integrado no Android (espera-se que passe a estar disponível no Android Q).

Apesar disso, é possível escolher cuidadosamente uma imagem de fundo com um design escuro, que requer menos energia para acender esses píxeis, e ativar o modo Escuro em todas as aplicações compatíveis.

 

9. Desativar widgets

Os widgets são úteis, mas são uma fonte de consumo de energia.

O nosso conselho é que ative apenas aqueles que realmente utiliza, e que remova tudo o resto.

 

10. Reduzir o volume

Quanto maior o volume de áudio do seu telemóvel, maior o consumo de energia da bateria.

 

11. Desligar a vibração

Se o seu telemóvel vibra de cada vez que recebe uma chamada ou notificação, isso vai refletir-se no consumo de energia.

 

12. Desligar Wi-Fi, Bluetooth e NFC se não estiverem em uso

Cada uma destas opções de conectividade consomem energia do telemóvel, especialmente quando não estão a ser utilizadas. Desative-as e utilize-as apenas quando necessário, de modo a otimizar os consumos de energia.

 

13. Ligar o modo Avião em áreas com má recepção de sinal

Se estiver por tempo indeterminado numa área com sinal fraco, ou até sem sinal, ative o modo avião. Se não o fizer, o telemóvel vai continuar a procurar por um sinal mais forte, o que se reflete nos consumos de bateria.

 

14. Reduzir o número de notificações recebidas

Quase todas as apps instaladas no seu telemóvel vão querer notificá-lo com alguma coisa.

Cabe-lhe a si definir quais as notificações mais relevantes que quer continuar a receber.

Pode controlar que aplicações lhe enviam notificações em: Definições> Aplicações e Notificações> Notificações> Ver todas as aplicações.

Quando lhe aparecer uma listagem, toque em qualquer aplicação para selecioná-la. Depois escolha se quer continuar a receber notificações dessa aplicação.

 

15. Desative os serviços de localização

Algumas aplicações vão tentar monitorizar a sua localização através do GPS, Wi-Fi ou dados móveis para lhe apresentarem informações localmente relevantes. No entanto a sua permissão é necessária.

Caso queira revogar o acesso de algumas apps a estas informações, aceda a Definições> Segurança e Localização> Localização> Permissões de Aplicações.

Na lista, desative os serviços de localização em qualquer aplicação.

 

16. Verifique se há atualizações de aplicações

Ocasionalmente, as atualizações de aplicações permitem corrigir bugs e melhorar o desempenho das apps no seu telemóvel. No entanto, pode ser necessário configurá-las para garantir que não se tornam inconvenientes.

Aceda à Google Play > toque nas três linhas do canto superior esquerdo > Configurações.

Ali, garanta que as aplicações de atualização automática estão configuradas para ‘apenas por Wi-F’.

 

17. Verificar atualizações do sistema

Não são apenas as aplicações que consomem energia. O próprio sistema operativo também o faz. A Google trabalha incessantemente para garantir uma maior eficiência do Android, e por vezes lança novas atualizações de sistema.

Aceda a Definições> Sistema> Avançado> Atualização do sistema para verificar se existe alguma atualização à espera de instalação.

 

18. Ativar o modo de poupança de energia

Quando ativa o modo de poupança de energia, vai impedir que certos recursos funcionem normalmente, de modo a prolongar o tempo de vida restante do seu telemóvel.

Em telemóveis mais recentes, este modo tende a ser ativado automaticamente quando a bateria fica abaixo dos 20% (pode variar consoante o modelo). No entanto o utilizador pode configurar esta opção para entrar em vigor mais cedo.

Alguns telemóveis têm inclusive modos Ultra de poupança de energia - em que o ecrã fica a preto & branco e só disponibilizam os recursos necessários para fazer chamadas telefônicas e enviar mensagens de texto. Nestes casos é possível garantir até 24 horas adicionais de autonomia, mesmo em telemóveis com apenas 15% de bateria.

 

19. Reiniciar o telemóvel

Por vezes poderá notar que os consumos de bateria do seu telemóvel estão acima do esperado, mesmo não encontrando qualquer justificação para isso.

Se for o caso, considere reiniciar o aparelho para perceber se os consumos excessivos se mantêm.

Se tudo o resto falhar, considere uma redefinição para o modo de fábrica (Configurações> Sistema> Avançado> Opções de redefinição> Apagar todos os dados).

 

587