NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Como configurar um iPhone ou iPad

Como configurar um iPhone ou iPad

segunda, 04 janeiro, 2016 /
Como configurar um iPhone ou iPad

Saiba como iniciar a sua aventura no sistema iOS.


Imagem por: Imore
 
 

Portou-se bem em 2015, o Pai Natal foi generoso consigo e deixou-lhe um iPhone ou iPad na chaminé? Se sim, damos-lhe as boas-vindas ao mundo Apple, mais precisamente ao sistema operativo “iOS”.

Entre os diversos sistemas disponíveis no mercado, o iOS tem as suas vantagens diante do seu concorrente mais directo, o Android (podem consultá-las aqui), sendo que uma dela centra-se na facilidade e rapidez de aprendizagem.

Assim sendo, hoje explicamos passo a passo como configurar o seu novo iPhone/iPad, mal o acabe de retirar da devida embalagem.
#1 – Insira o cartão SIM e pressione o botão de power, situado na lateral direita do iPhone ou na extremidade superior caso se trate de um iPad. Aguarde até surgir o ecrã de boas-vindas.
 
 
AppleImagem1

#2 – Escolha a sua região, nomeadamente o país e a linguagem que pretende utilizar no equipamento. Esta opção irá afectar os serviços de localização - quando activos - e, consequentemente, as sugestões providenciadas pelo dispositivo em diversas aplicações.
 
 
AppleImagem2

#3Ligue-se a uma rede Wi-Fi. Pode saltar este passo e concluí-lo mais à frente, contudo, convém que o mesmo seja feito de imediato caso pretenda configurar todas as opções do seu equipamento já.
 
 
AppleImagem3

#4 – Opte por activar ou desactivar os serviços de localização. Caso pretenda activar, saiba que muitas aplicações fazem uso da sua localização para efectuar sugestões, o que pode se pode tornar bastante útil. Ou então, caso pretenda desactivar os serviços de localização, pode sempre activá-los mais à frente.
 
 
AppleImagem4

#5 – O próximo ecrã ir-lhe-á perguntar se pretende configurar o equipamento como um novo iPhone ou iPad, ou se pretende fazer o restauro das suas informações caso o seu equipamento anterior também tenha sido um iPhone/iPad. Se é primeira vez que lida com um dispositivo da Apple, selecione a primeira opção.
 
 
AppleImagem5

#6 – Chegou a altura de criar uma conta Apple. Este passo à semelhança de outros sistemas operativos como o Windows Phone, é obrigatório, de forma a que todas as suas informações pessoais possam ser guardadas e posteriormente recuperadas caso seja necessário. É também crucial que uma conta Apple seja criada, para que possa transferir aplicações a partir da App Store.
 
 
AppleImagem6

#7 – Após aceitar os termos e condições, o seu equipamento está pronto a usar. Mas calma. Ainda faltam algumas configurações adicionais que deve tratar desde já, como é o caso da “iCloud”. Ao pressionar “Continuar”, será transportado para outro ecrã onde lhe é perguntado se pretende utilizar a iCloud. Responda que sim, pois esta funcionalidade ser-lhe-á bastante útil no futuro (permitirá ente outras opções, localizar o dispositivo caso o perca).
 
 
Imagem7e8

#8 – Assumindo que decidiu usar a iCloud, segue-se um ecrã onde lhe será pedido para definir os contactos que lhe podem enviar mensagens através de “iMessage”. Este serviço permite ao utilizador enviar mensagens e imagens de um dispositivo Apple para outro, de forma gratuita.
 
 
AppleImagem9

#9 – Chegámos à “iCloud Drive”. Como o nome indica, é uma drive ou seja, um espaço de armazenamento online que lhe irá permitir aceder aos seus documentos através de outros dispositivos. Decida se pretende activar a funcionalidade ou não.
 
AppleImagem10

#10 – Crie um código de acesso. Este passo é importantíssimo caso pretenda ser o único a aceder ao equipamento. Em sistemas operativos mais antigos, ser-lhe-á pedido para criar um código com 4 dígitos. Se for um afortunado e tiver adquirido/recebido um iPhone ou iPad mais recente com a última versão do sistema operativo instalada de origem, o código requisitado será de 6 dígitos.
 
 
AppleImagem11

#11 – O próximo ecrã corresponde às opções da “Siri”. A Siri é uma assistente virtual que permite ao utilizador desempenhar variadas funções através de comandos de voz, sendo actualmente a assistente de voz mais avançada do mercado. Deste modo, é altamente aconselhável que permita a sua utilização.
 
AppleImagem12

#12 – Por fim, decida se pretende enviar relatórios de utilização à Apple no decorrer da utilização do equipamento (no caso de se darem erros inesperados, por exemplo). Após tomada a decisão e selecionada a opção correspondente, surgirá um ecrã de boas-vindas sinalizando o fim da configuração básica do dispositivo.
 
 

AppleImagem13

Imagens por: PCadvisor
4,928