NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Android One. Um novo standard para telefones de baixo custo

Android One. Um novo standard para telefones de baixo custo

segunda-feira, 15 setembro, 2014 /
Android One. Um novo standard para telefones de baixo custo

A Google introduziu oficialmente os seus primeiros smartphones Android One, direccionados para mercados emergentes como a Índia

Android One. Um novo standard para telefones de baixo custo

*Artigo publicado originalmente no iOnline

Ao anunciar o Android One, a Google deu os primeiros passos para criar uma plataforma standardizada de telefones de gamas baixas, especialmente concebidos para mercados em desenvolvimento.

Na Índia, por exemplo, fabricantes como a Micromax, Spice e Karbonn já disponibilizam propostas que partilham características técnicas como os ecrãs de 4,5 polegadas, 1 GB de RAM, câmara de 5 MP (e uma outra de 2 MP, frontal) e processador quad-core de 1,3 GHz (da Mediatek).

Outras características que deverão ser comuns nestes aparelhos poderão incluir o suporte para dois cartões SIM em simultâneo, cartões microSD ou a presença de rádio FM. A Google chegou, inclusive, a disponibilizar uma versão “especial” do Youtube aos seus utilizadores indianos, que podem descarregar víeos para rever mais tarde, sem gastar tráfego de dados. Os valores associados a estes equipamentos é de 6399 rúpias, ou o equivalente a pouco menos de 85 euros.

Android One

Os smartphones que integrem este programa da Google vão apresentar uma interface menos personalizada pelas fabricantes, e mais semelhante com a ‘clássica’ interface Android presente nos telefones da empresa norte-americana. Isto irá contribuir para tornar a experiência de utilização mais unificada entre aparelhos de diferentes fabricantes.

Os utilizadores da Airtel (operador de telecomunicações indiano) terão ainda acesso gratuito a actualizações de software (o que irá incluir a actualização para Android L) durante os seus seis primeiros meses de utilização. A Airtel anunciou igualmente uma parceria com a Google, que contempla a oferta mensal de 200 MB de dados para download de aplicações na Play Store.

Os telefones que fazem parte da iniciativa Android One também irão chegar a outro mercados, incluindo as Filipinas, Paquistão e Sri Lanka. A iniciativa irá ainda contar com o apoio de fabricantes como a HTC, Lenovo e Asus, entre outras.

3,513