NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Android Gingerbread perde suporte da Google em 2017. O que significa isto para os utilizadores

Android Gingerbread perde suporte da Google em 2017. O que significa isto para os utilizadores

sexta, 25 novembro, 2016 /
Android Gingerbread perde suporte da Google em 2017. O que significa isto para os utilizadores

Os telemóveis com Android 2.3 Gingerbread vão deixar de receber actualizações de segurança da Google.

 

O Android 2.3 Gingerbread viu a luz pela primeira vez em Dezembro de 2010, quando a Google introduziu o Google Nexus S no mercado. Foi com esta versão do sistema operativo que a Google introduziu, entre outras funcionalidades, a função de selecção de palavras com um único toque (que também permite copiar/colar).

Passaram-se seis anos entretanto e, apesar do Android já ir na sua sétima versão, ainda é possível encontrar o Gingerbread a correr em 1,7% dos telemóveis que acedem à Google Play.

Mas tudo isto vai mudar em 2017. A Google decidiu deixar de lançar actualizações de segurança para a versão 2.3 do sistema operativo. A decisão não surpreende, já que muitas aplicações actuais nem sequer são compatíveis com aquela versão.

A Google também vai limitar o acesso das versões mais antigas à loja de aplicações. A actualização 10.0.0 será a última a suportar Android 2.3 Gingerbread. Isto quer dizer que as apps desenvolvidas para a versão 10.0.0 ainda serão compatíveis com Gingerbread.

No entanto, se os programadores optarem por usar versões mais recentes do Google Play Services (10.2 ou mais recentes), o suporte para Gingerbread deixa de existir.

*Imagem: AndroidPIT

 

998
Comentários
close