NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Análise. Wiko Ridge 4G

Análise. Wiko Ridge 4G

quinta-feira, 02 julho, 2015 /
Análise. Wiko Ridge 4G
Analisámos um dos mais recentes topos de gama da francesa Wiko.

A Wiko tem-se vindo a tornar num exemplo a seguir por parte de muitas marcas que, à semelhança da empresa francesa no começo, procuram estabilizar o seu lugar na esfera das telecomunicações. Com equipamentos orientados para as mais variadas gamas presentes no mercado, a Wiko consegue transformar pequenas componentes de preços acessíveis em smartphones seguros, funcionais e atraentes, como é o caso do Wiko Ridge 4G, que iremos analisar já de seguida.

ECRÃ, DESIGN E ERGONOMIA

O Wiko Ridge 4G assumiu-se na altura do seu lançamento como o smartphone mais fino do mercado com apenas 7.5 milímetros de espessura, uma medida deveras impressionante, particularmente tendo em conta que a Wiko não se trata de uma “gigante” nas esfera mobile. O ecrã conta com 5” polegadas e uma resolução HD de 702 x 1280p, conferindo-lhe uma imagem bastante razoável.

Em termos de ergonómicos e devido ao material empregado na parte traseira do smartphone, à base de um tecido aveludado, o smartphone confere uma utilização unicamente confortável e simlultaneamente segura, no sentido em que dificilmente escorregará das mãos de quem quer que o esteja a usar.
De um modo geral a palavra que melhor define, a nosso ver, o Wiko Ridge 4G em termos de design, aparência e ergonomia, é “elegância”.

Ridge 4G
 

CÂMARA

Uma das características mais aguardadas corresponde precisamente à câmara principal, que apresenta uma resolução na ordem dos 13 megapíxeis, ao passo que a câmara frontal dispõe de uma resolução de 5 megapíxeis.

Imagem de dia


A fotografia retirada no decorrer do dia evidencia uma razoável qualidade, com cores e contornos bem definidos da paisagem. Apesar de os 13 megapíxeis presentes na câmara talvez pudessem ter sido um pouco melhor aproveitados, temos de ter em conta que estamos perante um dispositivo que compete com vários terminais a um preço substancialmente mais baixo que grande parte dos mesmos. Ou seja, tendo em conta o valor do dispositivo, a câmara é nada menos que excelente.

Imagem de noite

Retirada à mesma paisagem, a fotografia em período nocturno apresenta sinais de razoável qualidade, apesar da capacidade de focagem não ser de facto a melhor. Para utilizadores que não tenham como hábito incessante tirar imagens nocturnas, a câmara comporta-se de forma bastante aceitável.

ENTRETENIMENTO

Em termos de entretenimento, incluímos na nossa análise a reprodução de vídeos em alta definição assim como a reprodução de jogos com alguma qualidade gráfica, de forma a “obrigar” a componente gráfica assim como o processador a mostrarem o que podem fazer. Desta forma instalámos o jogo Sniper 3D, um jogo de média/alta exigência para testar as componentes acima enunciadas e, podemos afirmar desde já, que cumpre o necessário mas também não vai muito para além disso. Isto é, o jogo correu bem de forma geral, tendo contudo demonstrado alguns entraves na passagem dos frames. Fora isso o smartphone comportou-se de forma razoável, não sobreaquecendo em demasia como já tivémos oportunidade de verificar noutros equipamentos.

Relativamente à reprodução de vídeos em alta definição, nada a apontar. O modelo comportou-se como era expectável, evidenciando uma reprodução estável, fluida e de qualidade.

PROCESSAMENTO

Dado estarmos perante um processador Snapdragon 410 Quad-Core a 64 bits da popular fabricante Qualcomm, espera-se um desempenho confortável, sem grandes obstáculos nem entraves ao seu funcionamento, especialmente se tivermos em conta que o sistema operativo presente no equipamento se trata do Android 4.4 KitKat, uma versão que não necessita das mesmas exigências que o mais actual Android 5.0 Lollipop.

Após uma utilização algo exaustiva, é passível de afirmar que o smartphone demonstrou uma performance muito acima da média dada a gama onde se insere, não tendo evidenciado especiais dificuldades na abertura de aplicações, assim como na fluidez na utilização do sistema operativo. Aqui, sem dúvida que foi feito um óptimo trabalho por parte da empresa francesa.

MEMÓRIA

Dado ser um smartphone que pretende competir nua gama média/alta, 2 GB de memória RAM corresponde a uma capacidade mais que suficiente para um excelente funcionamento e performance multi-tarefa. E de facto assim é, pois o Ridge 4G não desilude em nada neste capítulo, demonstrando um desempenho muito razoável no que à capacidade de gerir múltiplas aplicações abertas em simlutâneo diz respeito. Absolutamente nada a apontar.

Em relação ao armazenamento interno, o Ridge 4G dispõe de 16 GB de memória, expansíveis via microSD até mais 64 GB (no lugar de inserção do segundo cartão SIM). Esta quantidade de memória pode-se considerar mais do que suficiente para guardar vários álbuns, imagens e aplicações, assim como vídeos gravados em alta definição. Oferecendo uma totalidade de 80 GB, pode-se afirmar que até se destaca da sua concorrência directa pela positiva.

CONECTIVIDADE E BATERIA

Equipado com 4G LTE, Wi-Fi com hotspot e outras opções de bastante interesse e utilidade, o Wiko Ridge 4G vem assim corresponder (e até superar) as expectativas face ao que se esperaria de um smartphone cujo valor se situa pouco acima dos 200 €. Já em relação à bateria, o modelo dispõe de uma capacidade na ordem dos 2.400 mAh, oferecendo uma autonomia de 247 horas em stand-by e cerca de 15 horas em conversação. Neste capítulo mais uma vez, a Wiko prestou-nos uma agradável surpresa.

CONCLUSÃO

Se o futuro da Wiko for ao encontro do fabrico de equipamentos semelhantes ao Ridge 4G, então podemos afirmar que será certamente brilhante. Tendo em conta que estamos perante um dispositivo cujo valor de mercado se situa numa linha de qualidade intermédia, o Ridge 4G vem claramente desafiar os terminais de fabricantes consideradas “gigantes”, oferecendo uma enorme competitividade dadas as suas componentes de qualidade aliadas ao seu ousado preço de mercado. Logicamente que existem equipamentos superiores, vários. Contudo, no que a relação qualidade/preço diz respeito, a Wiko irá seguramente dificultar outras fabricantes a produzir um smartphone com as componentes que o Ridge 4G apresenta, tal como o seu surpreendente equilíbrio funcional.


Prós

. Valor de comercialização.
. Design elegante e de qualidade.
. Presença de 4G LTE.
. Também é dual SIM.

Contras

. Desempenho garáfico.
. Fotografias nocturnas.

 
6,969