NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Samsung Galaxy S6. Análise

Samsung Galaxy S6. Análise

segunda-feira, 17 agosto, 2015 /
Samsung Galaxy S6. Análise
Examinámos o Samsung Galaxy S6, um dos actuais topos de gama da Samsung!

*Imagem: Flickr/Fontaine Virgille
**Ver aqui → Samsung Galaxy S6 - Características

Indiscutivelmente uma das maiores fabricantes de produtos electrónicos do mundo, a Samsung é bem conhecida pela produção de equipamentos dentro de múltiplas áreas da tecnologia: desde informática, passando por electrodomésticos, biotecnologia, enfim. Uma autêntica panóplia de mercados e indústrias nas quais se destaca o ramo mobile, mercado no qual a par de outras marcas como a Apple, tem o seu cunho bem vincado.

Depois da “desilusão” que foi o Samsung Galaxy S5, a Samsung viu-se obrigada a produzir um equipamento que destronasse a má imagem deixada pela marca no decorrer do ano passado e, acima de tudo, que voltasse a colocar a gigante sul-coreana no topo da indústria. Como tal, nasceu o Samung Galaxy S6.

Considerado por alguns como o melhor smartphone presente no mercado nos dias de hoje, o Galaxy S6 veio acompanhado do Galaxy S6 Edge, outro dispositivo que veio surpreender o mundo mobile pelo seu ecrã curvo e especificações de topo. Deste modo testámos as capacidades do Galaxy S6, de modo a comprovar a veracidade do pesado estatuto que já lhe foi atribuído.


#1) Samsung Galaxy S6. Design, Ecrã e Ergonomia
 

Com a meta de se assumir como a coqueluche da Samsung, assume-se que os materiais e design de Galaxy S6 sejam de enorme qualidade. E a verdade é que a marca não desiludiu, dotando o seu terminal de um design absolutamente premium, construído com materiais como um corpo único feito à base de alumínio e vidro com protecção de última geração Gorilla Glass 4, tanto na frente como na traseira do equipamento.

No lado esquerdo do smartphone encontramos os botões de volume, ao passo que no lado oposto se situa o botão de bloqueio/desbloqueio de ecrã. Na frente situam-se os botões tácteis de multitarefa e retroceder, em conjunto com o botão físico home no qual o sensor de impressão digital está incrustado – localizado no meio. Na parte superior está a câmara frontal de 5 megapíxeis, sendo que no limite superior se encontra a porta de infra-vermelhos, enquanto que na parte inferior está a entrada para jack 3.5, a coluna de som de alta qualidade e a entrada para cabo microUSB 2.0. Por fim, na traseira do Galaxy S6 encontra-se a câmara de 16 megapíxeis juntamente com o sensor para detecção de batimentos cardíacos.
 
Samsung Galaxy S6. Análise
 Imagem: Telemoveis.com
 
Samsung Galaxy S6. Análise
 Imagem: Telemoveis.com
 
Samsung Galaxy S6. Análise
Imagem: Telemoveis.com
 

Em termos ergonómicos o equipamento é bastante confortável de utilizar - apesar das suas 5.1” polegadas de ecrã -cabendo perfeitamente no bolso das calças, não se sentido absolutamente nenhum incómodo. Poder-se-á afirmar que a sensação ao segurar o Galaxy S6 é similar àquela de segurar uma joia ou algo bastante valioso, comprovando o excelente trabalho e atenção ao detalhe que a empresa sul-coreana lhe atribuiu na sua produção.

Já o ecrã e como dito acima, é de 5.1” polegadas e detém uma qualidade de imagem praticamente ímpar, com uma resolução de imagem Quad HD (1440 x 2560p) e uma fantástica densidade de píxeis de 577 ppi, atribuindo uma fantástica experiência em termos de visualização para o utilizador. A imagem do Galaxy S6 é de facto superior, destronando a grande maioria dos seus concorrentes no mercado.


#2) Samsung Galaxy S6. Câmara
 

Chegámos a um dos principais factores do Galaxy S6, a sua câmara, cuja resolução de 16 megapíxeis e estabilização óptica de imagem prometem constituir uma das suas melhores características.

De modo a testar as suas capacidades, foi retirada uma fotografia durante o dia e outra no decorrer da noite ao mesmo cenário, de forma a comparar e verificar o comportamento da câmara e a sua qualidade em contextos distintos. Estes são os resultados.
 
Foto de dia
 
Como seria de esperar, a fotografia durante o dia é de facto excelente, evidenciado uma enorme carga de detalhes que provavelmente iriam escapar a muitas outras câmaras mobile. A imagem tem uma excelente nitidez tal como o contraste e saturação de cores, que são realmente fantásticos. É caso para dizer, “what you see is what you get”.
 
Foto de noite
 

Por fim temos a fotografia à mesma paisagem em condições de pouca luminosidade, onde mais uma vez, a câmara está longe de desiludir. A câmara com a sua abertura de f1.9 captou luz mais do que suficiente para conseguir discernir vários detalhes, aproveitando e exponenciando ao máximo a pouca luz que a paisagem proporcionou.

Já em relação ao vídeo, o Galaxy S6 dispõe de uma qualidade de gravação que pode ir desde VGA (640 x 480p) até a uma impressionante resolução Ultra HD (3840 x 2160p) a 30 frames por segundo, sendo ainda dotado de uma óptima capacidade de estabilização de imagem, conferindo aos seus vídeos uma competência virtualmente inigualável dentro da indústria. 

Assim sendo, arriscamo-nos a afirmar que dificilmente outra câmara mobile consegue realizar um trabalho superior à do Galaxy S6, colocando-a claramente no topo no que à fotografia diz respeito.
#3) Samsung Galaxy S6. Processador
 

A capacidade de processamento do Galaxy S6 fica a cargo de um processador Octa-Core Exynos 7420, constituído por dois processadores de quatro núcleos a 1.5 e 2.1 GHz respectivamente. Desenvolvido e fabricado pela própria Samsung, a empresa reafirma mais uma vez a clara intenção em demonstrar a sua independência relativamente a outras fabricantes externas, constituindo assim um factor que apenas atribui ainda mais valor à própria marca. 

Relativamente ao seu desempenho, o mesmo apenas pode ser elogiado. As aplicações correm na perfeição, não se verificando absolutamente nenhum obstáculo à transição entre ecrãs ou ao próprio funcionamento do dispositivo, muito graças à interface de utilizador que felizmente e ao contrário de versões anteriores, vem com muito menos software próprio, tornando-se mais leve e simples de utilizar. É apenas de referir um rápido aquecimento do processador ao correr determinados conteúdos, o que a partir de certo ponto, pode afectar a sua performance.
 
AnTuTu

#4) Samsung Galaxy S6. Entretenimento
 

Juntando a qualidade do ecrã às suas características relativas ao desempenho, é passível de assegurar que em termos de entretenimento, não se espera nada menos do que uma óptima performance por parte do novo terminal da Samsung. E estamos em condições de garantir que qualquer utilizador por mais exigente que seja, certamente não ficará desiludido.

Visualizar vídeos em alta definição é um autêntico prazer, demonstrando uma imagem bastante definida e uma óptima fluidez na reprodução. O mesmo se pode dizer para a navegação na internet, factor no qual o Galaxy S6 é realmente uma potência.

Destaca-se apenas uma excepção, nomeadamente na reprodução de alguns jogos como o Trial Xtreme 4, em que após vários minutos e algum aquecimento evidenciado pelo processador, a reprodução deixou de ter a mesma fluidez. Contudo, não é nada que comprometa a experiência, ou que algum descanso do equipamento não resolva.
#5) Samsung Galaxy S6. Memória
 

O Galaxy S6 vem ornamentado com uma memória RAM de 3 GB, um standard já bastante evidenciado por vários topos de gama de diferentes fabricantes, oferecendo uma capacidade de multitarefa mais do que aceitável. A alternância entre aplicações não sofre quaisquer obstáculos, entraves ou bloqueios, brindando o utilizador com uma performance livre de preocupações, mesmo com dezenas (sim, dezenas) de aplicações abertas em simultâneo.

No que respeita ao armazenamento interno, a versão em teste vem acompanhada de 32 GB, sendo que existem mais duas versões com 64 e 128 GB disponíveis. No entanto, 32 GB revela-se como uma capacidade admissível para guardar vários géneros de conteúdo nos seus diferentes formatos e, ajuntando-se ás várias possibilidades de armazenamento de dados acutalmente disponíveis (leia-se, clouds), a capacidade de memória não será certamente um problema.
#6) Samsung Galaxy S6. Conectividade e Bateria
 

Como seria de esperar, o novo topo de gama da Samsung vem acompanhado com todas praticamente todas as opções de conectividade disponíveis. Destaca-se a presença de NFC – indispensável para usufruir de um serviço que a Samsung disponibilizará em breve -, conectividade 4G LTE de última geração, bluetooth versão 4.1 e ainda porta de infra-vermelhos, algo que não é tão comum mas que a Samsung quis reavivar nos seus equipamentos e, a nosso ver, muitíssimo bem.

No que respeita à bateria, a mesma vem acompanhada com 2.550 miliamperes, capacidade que constitui possivelmente o único “senão” nesta análise. Isto porque actualmente, muitas fabricantes apostam em baterias na ordem dos 3.000 mAh, o que de facto faz alguma diferença ao longo da sua utilização. No entanto, nas nossas mãos e com uma utilização algo intensiva, podemos afirmar que o Galaxy S6 durou cerca de um dia inteiro a desempenhar várias tarefas, desde à reprodução de vídeos, passando por jogos graficamente exigentes ou apenas simples navegações na internet.


CONCLUSÕES SOBRE O SAMSUNG GALAXY S6
 

Como seria de esperar, o Samsung Galaxy S6 evidenciou excelentes performances em virtualmente todas as suas componentes, fazendo jus ao estatuto de “topo de gama”. Para além de todas as prestações acima descritas, é de salientar a significativa melhora no sensor biométrico, componente que sofreu uma evolução claramente notória desde a sua inserção no seu antecessor, o Galaxy S5. Destaca-se também o sensor para detecção de batimentos cardíacos, localizado imediatamente ao lado da câmara principal, que vem colocar a cereja no topo do bolo de um equipamento que por si só já constitui provavelmente o melhor smartphone Android presente no mercado.

Por fim e em relação ao funcionamento geral, o Galaxy S6 proporciona uma experiência que dificilmente pode ser igualável, quanto mais superável. Tudo funciona em sintonia, com fluidez, rapidez e segurança, graças não só à presença da provavelmente mais estável versão do Android até à data (Android 5.0.2 Lollipop) mas também e como previamente dito, à redução de software próprio da marca na interface de utilizador Touch Wiz, que veio responder a várias críticas relativamente à sobrecarga de programas e aplicações próprias da Samsung instaladas por predefinição em edições anteriores.  
 

PREÇOS

- Samsung Galaxy S6, 32 GB (desbloqueado) – 599.99 €
- Samsung Galaxy S6, 64 GB (desbloqueado) – 699.99 €
- Samsung Galaxy S6, 128 GB (desbloqueado) – 799.99 €

Prós:

. Qualidade de imagem soberba.
. Câmara fantástica.
. Óptima qualidade de som.
. Funcionamento geral excepcional.
 

Contras:

. Capacidade da bateria.
. Sem entrada para microSD.
. Sensibilidade térmica do processador (aquece demasiado rápido).
. Preço.

Segue-nos no Instagram!

4,754