NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Ainda se lembra quando os telemóveis bons aguentavam meses em standby?

Ainda se lembra quando os telemóveis bons aguentavam meses em standby?

terça-feira, 10 setembro, 2013 /
Ainda se lembra quando os telemóveis bons aguentavam meses em standby?

A Binatone apresentou hoje o Brick, um telemóvel "tijolo" que parece saído directamente de 1991 e que inclui, além do clássico jogo para telemóveis Snake, uma autonomia de bateria de até três meses em standby

Quando falamos em "tijolo" geralmente a primeira imagem que nos vem à cabeça - quando falamos de telemóveis, pelo menos - é a de um velho telemóvel da década de 90, grande em tamanho e peso. O que nos traz ao Brick, um telemóvel introduzido pela Binatone - uma fabricante de telemóveis do Reino Unido - e que parece ter vindo directamente de 1991 para 2013. Entre as suas características retro mais apelativas estão a presença do clássico jogo para telemóveis Snake, mas também a sua bateria de 1000 mAh que permite. em standby, só ter que o recarregar de três em três meses.

O telemóvel Brick - que se traduz literalmente por "tijolo" - aguenta ainda 28 horas de conversações. A sua autonomia fantástica deve-se, contudo, às suas especificações técnicas, completamente desproporcionais para uma era de smartphones equipados com ecrãs Full HD: um ecrã TFT de 1.8 polegadas, monocromático. O Brick será provavelmente aquele telemóvel que vamos ter em casa para situações de emergência, ou que vamos querer levar connosco em viagens longas e onde não tenhamos oportunidade de carregar o telemóvel.

Ainda se lembra quando os telemóveis bons aguentavam meses em standby?

Mas nem tudo é propositadamente pré-histórico no Brick: este telemóvel clássico inclui opções de conectividade como Bluetooth, o que permte ligá-lo a smartphones como o iPhone e o Android, por exemplo, mas também inclui uma saída microUSB e uma entrada para cartões de memória microSD. Este telemóvel suporta ainda ficheiros em formato MP3, AAC, AMR e WAV.

A sua chegada ao mercado do Reino Unido está prevista para Outubro, onde será comercializado pelo equivalente a 60 euros. Pode ainda ser adquirida, em separado, uma edição XXL de uma bateria complementar para este telemóvel, cuja autonomia se pode prolongar - em standby, claro - até seis meses.

Não deixa de trazer alguma nostalgia relativamente aos anos 90 e ao início do mercado dos telemóveis. Quem é que ainda se lembra dos telemóveis antigos e com autonomias de bateria lendárias? Deixe-nos o seu feedback e diga-mos o que acha!

Ainda se lembra quando os telemóveis bons aguentavam meses em standby?

4,068