NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Afinal a Nokia deverá guardar o tablet só para si

Afinal a Nokia deverá guardar o tablet só para si

segunda, 18 fevereiro, 2013 /
Afinal a Nokia deverá guardar o tablet só para si

Pelo menos por enquanto, o que significa que poderá não ser no Mobile World Congress 2013 que vamos conhecer o primeiro tablet Windows RT da Nokia.

Lembram-se de na semana passada termos revelado aquilo que nos pareceu ser um tablet da Nokia? As expectativas eram a de que tivéssemos novidades ainda este mês durante o Mobile World Congress 2013, mas poderemos ter que esperar mais.

Segundo a Strategy Analytics, o Mobile World Congress não deverá ser o local de eleição para a empresa finlandesa apresentar a sua estreia no segmento dos tablets, tendo optado por se focar apenas nos seus smartphones. Se é verdade ou não, não saberemos dizer, embora fizesse sentido que a Nokia apresentasse novidades em relação ao seu próprio tablet num evento próprio, já que permitiria focar as atenções do mundo das tecnologias unica e exclusivamente na empresa de Stephen Elop - um cenário que mais dificilmente se concretizaria no Mobile World Congress 2013.

Afinal a Nokia deverá guardar o tablet só para si

Ainda assim, isto não significa que este cenário não possa ocorrer definitivamente durante a MWC. O que acvham os leitores? Acham que 2013 será o ano em que a Nokia irá lançar o seu primeiro tablet? Ou não passam apenas de rumores? Deixem-nos a vossa opinião!

2,522

Colaborações

MindShaker

O que saber sobre desbloquear o telemóvel?

Por MindShaker | 17 julho 2018

THERENT.ZONE

HTC Vive vs Oculus Rift: qual o melhor equipamento de realidade virtual?

Por THERENT.ZONE | 21 março 2018

eMenuk

Sistema de Menu Digital Para Restaurantes

Por eMenuk | 15 março 2017

Surf Map Portugal

Tecnologia no Surf

Por Surf Map Portugal | 07 março 2017

Colunistas

Lauro Lopes

Google Pixel 3 XL análise

Por Lauro Lopes | 06 fevereiro 2019