NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
AdC investiga aumento simultâneo das tarifas de telemóveis

AdC investiga aumento simultâneo das tarifas de telemóveis

segunda-feira, 05 outubro, 2009 /
AdC investiga aumento simultâneo das tarifas de telemóveis A Autoridade da Concorrência (AdC) vai divulgar «brevemente» os resultados da investigação dos preços praticados pelas operadoras de telemóveis, depois de a TMN, Vodafone e Optimus terem aumentado em Março as tarifas em 2,5 por cento. «Estamos a analisar e vamos divulgar brevemente [os resultados]», disse o presidente da AdC, Manuel Sebastião, num encontro com jornalistas para apresentar o novo boletim mensal com estatísticas de combustíveis líquidos. A investigação da AdC surgiu depois das três operadoras terem aumentado quase em simultâneo as tarifas em 2,5 por cento. A TMN foi a primeira a aplicar o novo tarifário a 1 de Março, introduzindo os novos preços aos serviços de voz e dados (telemóveis e placas de banda larga). Também a Vodafone aplicou as novas tarifas a partir de dia 5 de Março, incidindo os reajustamentos apenas sobre os serviços móveis, com excepção das mensalidades associadas aos tarifários Yorn Power Extravaganza e Vita 91 Extreme, bem como os serviços fixos, a banda larga e os serviços roaming. A operadora justificou na altura que esta era uma «decisão inevitável», tendo em conta «o actual ambiente macroeconómico, a maturidade do mercado das comunicações móveis, a diminuição das suas receitas de terminação e o aumento dos produtos e serviços contratados aos fornecedores». Igualmente a Optimus actualizou em 2,5 por cento os tarifários, que entraram em vigor a 5 de Março, sublinhando que «dado o contexto, esta actualização não compromete a competitividade» da sua oferta. Os tarifários não eram actualizados desde Julho do ano passado, altura em que os preços foram reduzidos, devido à descida do IVA de 21 para 20 por cento, sendo que a última subida dos preços aconteceu em 2004.
3,157