NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Quanto vale para si uma semana de acesso à internet no telemóvel?

Quanto vale para si uma semana de acesso à internet no telemóvel?

quarta-feira, 10 dezembro, 2014 /
Quanto vale para si uma semana de acesso à internet no telemóvel?

Saiba o que os restantes europeus sacrificariam por uma semana de acesso à internet no telemóvel


Se tivesse que abdicar de algo durante uma semana, do que seria? O leitor não tem que me responder já. Mesmo não sabendo, as probabilidades ditam que aceder à internet a partir do seu telemóvel não seria a primeira opção.

Isto só por si não é impressionante, mas acredito que possa achar curiosa a prioridade que aceder à internet a partir do telemóvel pode adquir na hora de tomar decisões destas.

Segundo um estudo divulgado esta quarta-feira pela Boston Consulting Group, realizado na Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Espanha, o acesso móvel à internet consegue mesmo ser mais importante do que:


• Fast Food (77%)
• Álcool (58%)
• Café (50%)
• Filmes (50%)
• Automóvel (22%)
• Sexo (17%)
• Tudo (14%)


Antes de reflectir sobre a condição humana e meter-se a pensar no quanto as pessoas mudaram desde a introdução do iPhone, atente que o universo de estudo abrangeu um total de 1000 utilizadores europeus oriundos destes destinos, considerados muito expressivos em termos de utilização de telemóveis e tablets.

E apesar de alguns dos sacrifícios em prol de navegar na Web (a partir do telemóvel) poderem chocar, o período de tempo em consideração estaria muito longe de ser permamente - de facto, durante o questionário resumiu-se a apenas uma semana.

É claro que, resumindo a informação desta forma, as conclusões arriscam-se a formular uma opinião demasiado radical sobre os utilizadores europeus - o que não corresponde necessariamente à verdade.

Se os inquiridos tivessem de escolher entre abdicar de algo durante uma semana, 58% preferiam abdicar do álcool em prol de poderem aceder à internet a partir dos telemóveis. Não é de todo uma opção radical.

A mesma lógica continuaria a favorecer o acesso à internet móvel em 50% dos casos, pelo menos quando em oposição a café e filmes (durante também uma semana).

E bem, talvez o resto já levante mesmo algumas questões.

Quanto vale para si uma semana de acesso à internet no telemóvel?


3,351