NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Dark Hearts. Sistema iOS recebe série de terror

Dark Hearts. Sistema iOS recebe série de terror

sexta-feira, 21 novembro, 2014 /
Dark Hearts. Sistema iOS recebe série de terror

Dark Hearts é um exclusivo iOS, do produtor e director de êxitos como de The Ring e Muholland Drive



O formato é muito pouco convencional e não tira propriamente proveito das novas tecnologias de streaming de vídeo já disponíveis - antes, e ao invés de ser exibido (por streaming) no ecrã do iPhone, iPod ou iPad, será na verdade uma aplicação dedicada, a partir da qual o conteúdo será exibido. Dark Hearts para iOS também não será a primeira incursão do género por parte da Hooked Digital Media - a app apresenta-se como uma sequela para Haunting Melissa, lançada em 2013 pelo mesmo estúdio.

O interessante neste formato experimental foi ter partido de pessoas com experiência no segmento audiovisual: Neal Edelstein, co-fundador da Hooked Digital Media, foi anteriormente um produtor de Hollywood. Edelstein conta no currículo com êxitos que incluem The Ring e Muholland Drive. A história de Dark Hearts foi escrita por Andrew Klavan, que também conta no seu portefólio com pelo menos dois bestsellers adaptados para cinema.

O projecto, nota o TechCrunch, é bastante experimental no que à tecnologia e distribuição diz respeito. Poderá inclusive permitir desenvolver novos formatos para narrar histórias, bem como proporcionar uma forma de interacção bastante distinta dos formatos mais convencionais.

Para poder tornar isto realidade, a Hooked Digital Media possui uma tecnologia própria - dynamic story elements - que faz algumas alterações a um episódio que o utilizador esteja a visualizar repetidamente. Isto permite acrescentar novos detalhes e camadas à própria atmosfera e história da série.


Haunting Melissa

A série é sobre uma jovem que acredita que o fantasma da sua mãe se encontra a segui-la. A protagonista é levada a acreditar nesta premissa após ver várias aparições e ouvir estranhos ruídos na sua casa.


Dark Hearts

A sequela de Haunting Melissa volta a focar-se na protagonista, mas não irá requerer que os espectadores assistam à outra série de forma a compreenderem a narrativa. Dark Hearts também introduz vários personagens novos.

A experiência, até à data, tem sido bem-sucedida, de acordo com o feedback do estúdio. Não foram, contudo, disponibilizados dados concretos em relação às visualizações da série, ainda que admita que foram suficientemente bons para motivar a produção de uma sequela.


3,830