NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor

sexta-feira, 23 janeiro, 2015 /
Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor

Simples e básica, a Huawei TalkBand B1 é surpreendentemente prática

 

*A Huawei TalkBand B1 foi-nos cedida para testes pela Huawei


Se o leitor estiver a ler isto, as probabilidades sugerem que se encontra sentado neste momento. Esteja a aceder à internet a partir de um computador ou do telemóvel, provavelmente também é estando sentado que ocupa uma parte significativa do seu dia. Como eu.

Os tempos assim o exigem. E tanto eu como o leitor sabemos que isto é particularmente mau para a nossa saúde. A alternativa? Temos que criar tempo nos nossos horários para praticar desporto. Mesmo que sejam apenas sessões de corrida de 20 a 30 minutos.

Eu não gosto de correr com o telemóvel atrás, mas também (ainda) não acho os relógios inteligentes particularmente apelativos. E os que são, bem, são demasiado interessantes (e caros) para eu querer levar comigo durante uma corrida. Isto não acontece com a Huawei Talkband B1.

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples, melhor


Huawei TalkBand B1

A proposta da Huawei é surpreendentemente simples e básica. No bom sentido - é simples na medida em que oferece funcionalidades limitadas a uns poucos propósitos (como o da monitorização do ritmo cardíaco), e básica em termos de design e experiência de utilização. Não há necessidade de complicar o que se quer simples.

Esta proposta da Huawei é essencialmente uma pulseira criada para os amantes de fitness. Mas também é um auricular bluetooth que inclui uma aplicação complementar que monitoriza os passos dados, além de também conseguir dizer as calorias que queimamos. E ainda consegue monitorizar o nosso sono. Não faz muito mais do que isto.


Bluetooth & NFC

A magia da Huawei TalkBand B1 dá-se através da conectividade Bluetooth ou NFC. É através de uma destas opções de conectividade que conseguimos emparelhar a TalkBand B1 com o smartphone, mas também utilizá-la como se fosse um auricular (o que óptimo para chamadas).

Refiro-me à parte do auricular bastante literalmente - a pulseira serve para alojar o módulo da TalkBand B1 que, quando removemos, se converte num pequeno e prático auricular bluetooth. Simples. E prático.


Pulseira & Auricular

A pulseira em si é feita de um material à base de borracha. Felizmente para mim, a versão que recebi para testes vinha em preto (uma cor discreta e de baixo perfil), mas também se encontram disponíveis versões com cores mais 'berrantes'.

Já o dispositivo em si, que se encontra inserido na pulseira, é feito à base de um plástico mais resistente - isto é importante para praticantes de desporto, já que confere mais resistência à Huawei TalkBand. Em particular contra suor.


Funcionalidades

Sendo directo com o leitor, a Huawei TalkBand B1 está muito longe de ser um dispositivo sofisticado - mas isto não é necessariamente uma coisa má. Pelo contrário.

Mais do que minimalista, a interface da TalkBand B1 é tão básica que não oferece margem para erros. Isto é óptimo porque elimina a necessidade do utilizador precisar de um longo tempo de aprendizagem para se habituar a trabalhar com ela. A sua simplicidade também está na origem da sua fantástica autonomia de vida.

Com uma utilização intensiva e frequente, a Huawei TalkBand B1 consegue durar praticanente uma semana inteira, a trabalhar em full-time, antes de requerer um novo carregamento de bateria Isto são boas notícias para quem gosta de praticar desporto com alguma frequência. Os mais preguiçosos também irão gostar de saber que, em standby, a Huawei garante uma autonomia de vida de pelo menos duas semanas antes de requerer um novo carregamento de bateria.

Creio que a Huawei fez um bom trabalho neste sentido, mesmo não sendo um mercado onde é experiente. Reconheço que existe algum trabalho a ser feito - a expressão 'arestas por limar' aplica-se aqui na perfeição - para tornar a TalkBand B1 um pouco mais intuitiva e user-friendly, mas isto é compensado caso o utilizador decida perder algum tempo inicial a conhecer a TalkBand.


Queimar calorias

As funcionalidades essenciais estão cá - a TalkBand B1 conta passos dados, exibe o progresso do utilizador (por objectivos diários) e a distância percorrida, além de disponibilizar informações relativas ao nosso sono. Não faz distinção entre o tipo de actividade física que realizamos - para a TalkBand B1 é indiferente se corremos, andamos ou pedalamos. Todas estas informações básicas continuam a permanecer relevantes.

A quantidade de calorias queimadas exibidas pela TalkBand é calculada com base em algumas informações sobre a actividade do utilizador, bem como o seu peso e altura.


Para que seja o mais infalível possível, contudo, é necessário usar a TalkBand 24 horas por dia. Literalmente - mesmo quando dormimos. A monitorização do nosso sono é feita através de sensores próprios, capazes de determinar se estamos a atravessar um ciclo de sono mais "suave" ou mais "profundo".

E claro, uma funcionalidade que não poderia faltar (já que podemos dormir com ela) - a Huawei TalkBand B1 pode servir de despertador, eliminando a necessidade de alcançar o telemóvel. Embora útil, reconheço que esta proximidade com o despertador também possa ser vista como uma desvantagem por utilizadores com mais dificuldades em levantar-se cedo.


O despertar, contudo, não é violento. Esta funcionalidade é óptima para quem divide a sua casa com mais pessoas e não pretende acordar mais ninguém com o seu despertador. Em relação aos dados recolhidos durante o sono, contudo, admito que não os considero particularmente úteis para a minha experiência de vida. Mas cada caso é um caso.

A TalkBand B1 continua atenta ao seu ambiente - e em particular a nós, os seus utilizadores - mesmo quando não a estamos a utilizar directamente. Basta deixá-la nas proximidades, tal como a nossa mesinha de cabeceira.

Sobre a Huawei TalkBand B1

• O preço médio é 99€ (pode variar consoante a retalhista)
• Ecrã OLED, 1,4 polegadas
• Resistente a água & pó (Certificação IP7)
• Cancelamento de ruído
• NFC
• Carregamento por USB
• Chamadas sem fios (por Bluetooth)
• Monitorização/registo de actividade
• Sincronização com a aplicação complementar

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples, melhor

Testámos a Huawei TalkBand B1 Quanto mais simples melhor

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor

Testámos a Huawei TalkBand B1. Quanto mais simples melhor


7,394