NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Telecel baixa preços das chamadas na Vitamina T e Vitamina R (correcção)

Telecel baixa preços das chamadas na Vitamina T e Vitamina R (correcção)

domingo, 26 novembro, 2000 /
Telecel baixa preços das chamadas na Vitamina T e Vitamina R (correcção) A Telecel baixou os preços das chamadas da Vitamina T e da Vitamina R em quase todos os horários. «Lisboa, 24 de Novembro de 2000 - A Telecel baixou os preços das chamadas da Vitamina T e da Vitamina R em quase todos os horários. Na Vitamina T as chamadas para a rede Telecel reduziram-se de 52 escudos (0,26 euros) para 50 escudos (0,25 euros) por minuto no Horário Profissional (dias úteis das 8 às 13 horas e das 14 às 21 horas), e de 36 escudos (0,18 euros) para 30 escudos (0,15 euros) por minuto no Horário Económico (dias úteis das 13 às 14 horas e das 21 às 8 horas). Quanto às chamadas para outras redes, no Horário Profissional a tarifa por minuto reduziu-se de 114 escudos (0,57 euros) para 95 escudos (0,47 euros), no Horário Económico de 78 escudos (0,39 euros) para 75 escudos (0,37 euros) e nos fins-de-semana e feriados a redução é de 36 escudos (0,18 euros) para 35 escudos (0,17 euros). A Telecel simplificou também o tarifário da Vitamina R. Assim, passa a ser possível ligar para qualquer rede à noite e fins-de-semana a 25 escudos (0,12 euros) por minuto, o que representa reduções que vão até 30%, deixando de haver tarifas distintas entre Vitaminas R e para outros telefones da rede Telecel. Paralelamente, a Telecel faz agora o relançamento da sua Vitamina K, o primeiro telefone celular dirigido a crianças e adolescentes. O relançamento ocorre sob o lema «A Minha Primeira Vitamina». A Vitamina K caracteriza-se por não ter carregamentos obrigatórios, ter uma tarifa única de 58 escudos (0,29 euros) por minuto a qualquer hora para qualquer rede, e ter a possibilidade de restringir as chamadas realizadas a apenas seis números pré-programados - que podem ser reprogramados em qualquer altura - podendo, no entanto, receber chamadas de qualquer origem. Assim, os pais têm possibilidade de controlar as chamadas e os seus custos, ao mesmo tempo que garantem que os seus filhos estão seguros, contactando com eles a qualquer momento.»
5,939