NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Google Concorre com a Amazon com eBooks para Telemóveis

Google Concorre com a Amazon com eBooks para Telemóveis

quarta-feira, 03 junho, 2009 /
O Google afirmou que vai entrar no mercado dos eBooks. De forma mais democrática, o acesso pode ser feito a partir dos próprios telemóveis. Após o evento da BookExpo, que teve lugar este fim-de-semana em Nova Iorque. Tim Turvey, o director de planeamento estratégico de parcerias da Google, afirmou que "desta vez é a sério" - a Google está a planear entrar no mercado dos eBooks já em 2010. A grande inovação é que o acesso à leitura pode ser feito a partir de qualquer dispositivo ligado à Internet, inclusivé telemóveis, ao contrário da Amazon cujo acesso móvel aos eBooks tem sido através do Kindle. Outra das novidades é relativamente ao contrato com as editoras. A Google vai permitir que as próprias editoras fixem os preços de comercialização dos seus próprios eBooks. Em declarações, foi ainda referido, que até ao final deste ano, irá ser implementado um programa que permite às editoras vender os seus livros digitais mais recentes. A Google tem vindo a disponibilizar 20% dos conteúdos com links para a Amazon, Barnes, Noble que detém a comercialização dos livros electrónicos. Agora a Google coloca-se no mercado a vender directamente as versões digitais dos livros. Tim Survey ainda adiantou ao New York Times que o Google se reservará o direito de ajustar os preços que considere muito caros pelo que as editoras poderão cobrar pelas edições digitais o mesmo que pelas impressas.
3,309