NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo

Automóveis: os telemóveis do futuro?

quinta-feira, 05 setembro, 2013 /
Automóveis: os telemóveis do futuro?

Serão os carros os smartphones do futuro? A indústria dos automóveis está a adoptar cada vez mais características de telemóveis nos seus veículos, muitas além do GPS ou das apps musicais

Serão os automóveis os próximos grandes revolucionários da indústria mobile? Senão pensem bem: acrescentando à mobilidade de um automóvel características e funcionalidades típicas de telemóveis e tablets, tais como acesso cada vez mais constante a informações online, a indústria automóvel parece estar a ir buscar inspiração ao segmento dos smartphones para inspirar a sua própria evolução.

A maioria dos automóveis actuais, por exemplo, já disponibiliza sistemas de navegação integrados que podemos facilmente conectar aos nossos smartphones através de dados de rede. Mas este é um aspecto que começa a apresentar tendência para evoluir além disto: os carros estão a aderir ao segmento digital e poderão, no futuro, passar a estar permanentemente ligados à Web, de formas que vão muito além de um simples sistema de GPS ou de aplicações musicais pré-instaladas.

O Business Insider cita o Autoblog, um blog da AOL, ao referir que "a Audi vai introduzir uma funcionalidade em alguns dos seus automóveis que vai permitir aos seus utilizadores tirarem partido de LTE a bordo, permitindo ao condutor e aos passageiros acederem a Wi-Fi". E do rápido.

Um cenário que poderá passar a ser igualmente comum dentro de um automóvel é o download rápido de informações, e até mesmo - porque não? - a possibilidade de fazer streaming de filmes.

Automóveis: os telemóveis do futuro?

O objectivo é a simplicidade

No fim tudo se irá resumir à simplicidade de utilização, além de limitar as distracções do condutor. Se concebermos sistemas de notificação de notícias, por exemplo, a intrusão da informação não será maior do que a de um noticiário da rádio, permitindo ao condutor manter os olhos na estrada. Funcionalidades como o reconhecimento de voz, especialmente para ditar mensagens, poderão ser fulcrais para o desenvolvimento destas tecnologias dentro do segmento automóvel. Ou então deixar que seja o nosso automóvel a ler-nos os updates do Facebook.

"No esforço contínuo para simplificar serviços in-car, a Apple vai adaptar a sua popular interface iOS - precisamente aquilo que confere ao seu iPhone o seu look e feel - ao seu automóvel. Não são conhecidos muitos detalhes sobre o novo sistema da Apple, mas podemos assumir que pelo menos os actuais utilizadores do iPhone se sentem provavelmente confortáveis com ele", afirma o Business Insider.

Automóveis: os telemóveis do futuro?

Para onde seguimos?

Essencialmente para uma presença de dados e informação ainda mais significativa nos automóveis. Brevemente os próprios assentos dos carros poderão vir equipados com sensores úteis para monitorizar o estado físico e de saúde de um condutor, podendo prevenir situações como ataques cardíacos ao volante. O objectivo final parece ser o de estarmos ainda mais ligados no mundo.

4,793