NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O BlackBerry Messenger já não é um exclusivo BlackBerry

O BlackBerry Messenger já não é um exclusivo BlackBerry

quarta-feira, 15 maio, 2013 /
O BlackBerry Messenger já não é um exclusivo BlackBerry

Agora o BlackBerry Messenger também vai estar disponível para Apple iPhone e Android, segundo anunciou o director executivo da BlackBerry, Thorsten Heins.

Um dos pontos fortes do ecossistema BlackBerry sempre foi o BlackBerry Messenger, só que quando a empresa canadiana começou a entrar em desfalque o seu popular serviço de chat começou igualmente a ressentir-se e a perder utilizadores.

A única forma que a BlackBerry teve de contornar este problema foi seguir a via da Microsoft e da Google, ou seja, passar a disponibilizar esta aplicação noutras plataformas. Isto significa que brevemente utilizadores de iPhone e Android também poderão usufruir do serviço de chat da empresa liderada por Thorsten Heins, segundo anunciou o director executivo da empresa ontem (14 Maio), durante a conferência anual BlackBerry Live. 'A melhor plataforma de mensagens que existe vai estar disponível para ainda mais utilizadores neste Verão', referiu.

Durante a conferência o líder da BlackBerry avançou ainda alguns números interessantes acerca da sua plataforma de envio e recepção de mensagens, como por exemplo: o BlackBerry Messenger possui actualmente cerca de 60 milhões de utilizadores activos, com um tempo médio de 20 segundos entre o envio e a leitura de uma mensagem. Isto traduz-se numa média diária de 10 mil milhões de mensagens recebidas e enviadas através deste serviço.

A questão que nos fica na cabeça não é sobre se esta disponibilização noutras plataformas irá perturbar a performance do BlackBerry 10 no mercado, mas sim se será capaz de competir com outras plataformas populares como a célebre aplicação WhatsApp. Se a BlackBerry tivesse optado por esta via mais cedo, as probabilidades de conseguir angariar mais utilizadores seriam bastante mais elevadas. Não será, contudo, um pouco tarde para o fazer? Como diz o ditado, mais vale tarde do que nunca.

Algum dos nossos leitores é utilizador do BlackBerry Messenger? Como é que encaram esta estratégia da empresa, ao disponibilizar o seu serviço em mais plataformas? Deixem-nos o vosso feedback!

O BlackBerry Messenger já não é um exclusivo BlackBerry

2,393