NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Cardmobili - Portugueses criam cria serviço para colocar os cartões de cliente no telemóvel!

Cardmobili - Portugueses criam cria serviço para colocar os cartões de cliente no telemóvel!

quarta, 20 janeiro, 2010 /
Cardmobili - Portugueses criam cria serviço para colocar os cartões de cliente no telemóvel! O Telemoveis.com apresenta a Cardmobili, uma nova empresa portuguesa, apresenta-se hoje no mercado com um serviço inovador que promete revolucionar os programas de fidelização das empresas e acabar, a prazo, com a emissão dos tradicionais cartões de cliente ou associado, em plástico ou papel, tirando partido da tecnologia e do carácter pessoal do telemóvel. Esta apresentação já tinha sido feita anteriormente aqui no Telemoveis.com, onde apresentamos os serviço e as funcionalidades, ainda na sua fase BETA - Eis que o sucesso está comprovado, e acontece a apresentação formal dos serviços a todo o público.
cardmobili

A Cardmobili é a nova aposta empresarial da Pathena - sociedade de investimento liderada por António Murta e Jorge Brás - e de Carlos Oliveira, empreendedores que já foram responsáveis por histórias de sucesso da tecnologia portuguesa como a Enabler e a Mobicomp. Criada em Junho de 2008, com um investimento inicial de meio milhão de euros, a Cardmobili está sedeada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, com uma equipa de jovens engenheiros de software.

A Cardmobili nasceu em Portugal para abordar o mercado global, e conta já com presença e actividade comercial nos Estados Unidos, país onde "a cultura do cartão de plástico" está muito mais desenvolvida, estimando-se a existência de cerca de 2 mil milhões de cartões em circulação.

"Cartões virtuais" reduzem custos e aumentam a utilização e interactividade dos programas de fidelização.

Com o serviço Cardmobili, as empresas podem emitir os seus "cartões virtuais" - substituindo os de plástico - que ficam disponíveis no telemóvel dos clientes que adiram ao serviço e carreguem uma pequena aplicação no telemóvel via web ou SMS.

Clique aqui para continuar a ler todo o artigo. [NOTA: este URL deixou, entretanto, de ser válido]
5,391