NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Anda o Facebook a namorar a Waze, uma empresa israelita?

Anda o Facebook a namorar a Waze, uma empresa israelita?

quinta-feira, 09 maio, 2013 /
Anda o Facebook a namorar a Waze, uma empresa israelita?

A Waze é responsável por uma app de partilha de informações sobre trânsito e poderá ser adquirida pelo Facebook por valores próximos dos mil milhões de dólares.

O Facebook anda a namorar A Waze, uma empresa israelitaA próxima aquisição do Facebook pode chamar-se Waze e recordar a compra mediática do Instagram, que a rede social de Mark zuckerberg adquiriu no ano passado por mil milhões de dólares.

Os valores avançados pela imprensa internacional sugerem quantias entre os 700 e os mil milhões de dólares, embora nenhuma destas informações tenha sido oficialmente confirmada.

A Waze recorre ao sinal GPS de um smartphone e envia informações de tráfego para outros dispositivos, permitindo o envio de percursos alternativos aos seus utilizadores de forma a evitarem engarrafamentos.

A aplicação encontra-se actualmente disponível para Apple iPhone, iPad e Android, contando actualmente com cerca de 45 milhões de utilizadores em todo o mundo.

Já não é a primeira vez que circulam rumores sobre uma potencial aquisição da Waze, embora a anterior interessada não fosse a rede social de Mark Zuckerberg mas sim a Apple, que as informações afirmaram ter interesse em melhorar a sua aplicação de mapas.

A grande questão que paira neste momento é: qual é o interesse do Facebook numa aplicação especializada em mapas? Poderia estar relacionado com os seus 45 milhões de utilizadores potencialmente sociais? O que acham?

2,674