NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
A Apple não vai desistir dos seus Mapas tão cedo

A Apple não vai desistir dos seus Mapas tão cedo

segunda, 25 março, 2013 /
A Apple não vai desistir dos seus Mapas tão cedo

A mais recente aquisição da Apple chama-se WifiSLAM e é uma start-up norte-americana especializada em serviços de geolocalização interiores que poderão vir a integrar os Apple Maps.

A Apple não vai desistir dos seus mapas tão cedo

Imagem de um demo da WifiSLAM, cortesia do The Androider

A Apple também comete erros, e talvez o maior erro da sua história recente tenha sido o lançamento do seu próprio serviço de mapas: além de ter sido lançado por terminar, os mapas da empresa da maçã contavam com imprecisões monstruosas que chegaram, inclusive, a colocar em risco a vida dos seus utilizadores. Mas isso não impediu a empresa liderada por Tim Cook de continuar a melhorar o seu serviço de mapas, de acordo com as informações avançadas pelo Wall Street Journal.

A mais recente aquisição da Apple parece ser um sinal disso mesmo. A WifiSLAM é uma jovem start-up norte-americana sediada em Silicon Valey e especializada em serviços de geolocalização dentro de edifícios e que recorre às redes Wi-Fi instaladas nos mesmos - uma funcionalidade que poderá vir a ser integrada nos mapas da Apple.

O negócio terá custado à maçã cerca de 20 milhões de dólares.

2,481
Tags
Apple

Autores

Telemoveis.com

Phone House anuncia novas campanhas de lançamento

Por Telemoveis.com | 21 fevereiro 2019

Colaborações

MindShaker

O que saber sobre desbloquear o telemóvel?

Por MindShaker | 17 julho 2018

THERENT.ZONE

HTC Vive vs Oculus Rift: qual o melhor equipamento de realidade virtual?

Por THERENT.ZONE | 21 março 2018

eMenuk

Sistema de Menu Digital Para Restaurantes

Por eMenuk | 15 março 2017

Surf Map Portugal

Tecnologia no Surf

Por Surf Map Portugal | 07 março 2017

Colunistas

Lauro Lopes

Google Pixel 3 XL análise

Por Lauro Lopes | 06 fevereiro 2019