NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Google apaga links a pedido da Microsoft
close

Google apaga links a pedido da Microsoft

terça, 29 maio, 2012 /

Google elimina mais de 500 mil links a pedido da Microsoft. Microsoft terá pedido para retirar links relacionados com download ilegal de software.

A Google, que divulgou recentemente o seu relatório de transparência, removeu mais de 500 mil links dos seus resultados a pedido da Microsoft. As razões, de acordo com as informações disponiveis, passam pelo combate à pirataria - a Microsoft terá requisitado a remoção de links que ligassem os utilizadores a websites que lhes permitissem fazer download de programas pirateados.

Google apaga links a pedido da Microsoft

Além da Microsoft, outras entidades prolíferas nos pedidos de remoção de Links da Google incluem a NBCUniversal, a RIAA (Recording Industry Association of America) e a BBI (British Recorded Music Industry). O relatório indica ainda uma média mensal de 1,2 milhões de URL's removidos por violarem direitos de autor ou pirataria de conteúdos.

2,236
Comentários

Autores

Lauro Lopes

Como esconder o seu número de telefone no Facebook

Por Lauro Lopes | 31 agosto 2015

João Fonseca

Kazam Tornado 348. Análise

Por João Fonseca | 27 agosto 2015

João Paulo Almeida

Phonebloks, finalistas no INDEX: Award 2015

Por João Paulo Almeida | 12 junho 2015

Henrique Vieira

Países para investir em apps

Por Henrique Vieira | 15 dezembro 2014

Colaborações

iOnline - Tecnologia

Google. Uma empresa Alphabet

Por iOnline - Tecnologia | 16 agosto 2015

Tecnologia e Gadgets

IMEI. Porque todos deveriam saber o do seu telemóvel

Por Tecnologia e Gadgets | 10 fevereiro 2015

Colunistas

Rute Gil

O inferno são as redes

Por Rute Gil | 09 junho 2015

Paulo Rossas

O Community Manager não é a mãe, é a babysitter

Por Paulo Rossas | 03 junho 2015

Ricardo Miranda

Vi, ri e venci

Por Ricardo Miranda | 30 março 2015