NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Anonymous, hackers combatem pedofilia

Anonymous, hackers combatem pedofilia

quinta, 12 julho, 2012 /
Escrito por Lauro Lopes

Anonymous, hackers declaram guerra a websites com pornografia infantil. Hackers Anonymous anunciaram operação contra a pedofilia online.

Os Anonymous voltaram a anunciar uma nova operação, desta vez contra websites que alojem conteúdos relacionados com pornografia infantil. De acordo com as informações disponibilizadas pelos Anonymous num vídeo do Youtube, a operação - #OpPedoChat - irá englobar uma centena de fóruns frequentados por pedófilos, onde são partilhadas imagens.

Anonymous, hackers combatem pedofilia

O Jornal Digital adianta ainda que, além do combate à pornografia infantil, os ataques dos Anonymous visam alterar os conteúdos desses websites e divulgar informações pessoais dos membros dos foruns onde esse género de conteúdos são partilhados.

Os Anonymous ingressaram numa operação semelhante em Outubro do ano passado, onde terão atacado cerca de 40 websites com conteúdos pedófilos.

Veja também:

Anonymous, hackers retaliam contra CISPA

1,916
Comentários

Autores

João Fonseca

Tim Cook planeia doar a sua fortuna

Por João Fonseca | 27 março 2015

Lauro Lopes

A NOS e o bullying judicial

Por Lauro Lopes | 26 fevereiro 2015

Henrique Vieira

Países para investir em apps

Por Henrique Vieira | 15 dezembro 2014

João Paulo Almeida

Alugar iPad

Por João Paulo Almeida | 12 novembro 2014

Colaborações

iOnline - Tecnologia

Edigma. “O touch é o interface certo para o futuro”

Por iOnline - Tecnologia | 12 fevereiro 2015

Tecnologia e Gadgets

IMEI. Porque todos deveriam saber o do seu telemóvel

Por Tecnologia e Gadgets | 10 fevereiro 2015

Colunistas

Paulo Rossas

Um "viral" de 13 minutos que deu "viral"

Por Paulo Rossas | 04 março 2015

Ricardo Miranda

Felicidade Desconfiada

Por Ricardo Miranda | 22 janeiro 2015

Rute Gil

Ano Novo, pouca rede

Por Rute Gil | 31 dezembro 2014