Megaupload, Kim Dotcom admite ser julgado em EUA

Megaupload, Kim Dotcom considera ser julgado em EUA se tiver acesso aos seus bens. Fundador do Megaupload apresentou proposta via Twitter.

Kim Dotcom, fundador do Megaupload cuja decisão de extradição para os EUA para ser julgado por crimes de pirataria informática terá sido adiada, propôs via Twitter partir voluntariamente para os EUA para ser julgado.

Megaupload, Kim Dotcom admite ser julgado em EUA

Em contrapartida, Dotcom aceita ser julgado pelos crimes de que é acusado pelos EUA caso as autoridades norte-americanas lhe descongelem os bens e lhe permitam usufruir de liberdade condicional.

Iremos para os Estados Unidos. Não há necessidade de uma extradição. Queremos liberdade condicional e que descongelem as contas para os advogados e os custos de vida, escreveu o fundador do Megaupload no Twitter, citado pela SIC Notícias.

Veja também:

Megaupload, extradição de Kim Dotcom decidida em 2013

Megaupload, Kim Dotcom promete regresso de website


Quarta, 11 Julho 2012 14:30 Este artigo foi lido 1405
Classifica este artigo
(0 Voto)
Tags
Publicidade

BANNER-PASSATEMPO-iPHONE-01

Oferta da Semana

 

 

banner_alugar_ipads

Subscrever Newsletter

Easy call blocker on Google play