NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple iPhone 4S, proteja-se a si e ao smartphone

Apple iPhone 4S, proteja-se a si e ao smartphone

segunda, 30 julho, 2012 /
Escrito por Lauro Lopes

Apple iPhone 4S, proteja-se a si e ao smartphone. Yellow Jacket é capa de protecção desenhada para Apple iPhone 4S que funciona como arma de electrochoques.

Já pensou em adquirir uma capa de protecção para o seu Apple iPhone 4S? Foi a pensar no seu iPhone 4S, mas também em si, que a Loupe Theory Studios disponibilizou o YellowJacket iPhone, uma capa de protecção que não só protege o seu Apple iPhone 4S mas que também pode garantir a própria segurança dos seus utilizadores. Como? Ao funcionar como uma arma de electrochoque.

Apple iPhone 4S, proteja-se a si e ao smartphone

Protecção parece ser a palavra de ordem - a YellowJacket iPhone liberta uma descarga de cerca de 650 volts, capaz de imobilizar um homem adulto e direccionada para todo o tipo de utilizadores que também se preocupem com a sua própria segurança.

O vídeo promocional desta caricata capa de protecção para Apple iPhone 4S pode ser consultado já a seguir, via VIMEO:

1,462
Comentários

Autores

João Fonseca

Google. Mapas são palco do jogo Pac-Man

Por João Fonseca | 01 abril 2015

Lauro Lopes

A NOS e o bullying judicial

Por Lauro Lopes | 26 fevereiro 2015

Henrique Vieira

Países para investir em apps

Por Henrique Vieira | 15 dezembro 2014

João Paulo Almeida

Alugar iPad

Por João Paulo Almeida | 12 novembro 2014

Colaborações

iOnline - Tecnologia

Edigma. “O touch é o interface certo para o futuro”

Por iOnline - Tecnologia | 12 fevereiro 2015

Tecnologia e Gadgets

IMEI. Porque todos deveriam saber o do seu telemóvel

Por Tecnologia e Gadgets | 10 fevereiro 2015

Colunistas

Ricardo Miranda

Vi, ri e venci

Por Ricardo Miranda | 30 março 2015

Paulo Rossas

Um "viral" de 13 minutos que deu "viral"

Por Paulo Rossas | 04 março 2015

Rute Gil

Ano Novo, pouca rede

Por Rute Gil | 31 dezembro 2014